A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (20), nova etapa da Operação Lesa Pátria, com o objetivo de identificar pessoas que “financiaram e fomentaram” os atos golpistas de 8 de janeiro, quando as sedes dos Três Poderes em Brasília foram invadidas e depredadas.

De acordo com a PF, a nova fase da operação cumpre 15 mandados de busca e apreensão e 12 de busca pessoal em Goiás (4), Mato Grosso do Sul (4) e Santa Catarina (19).

Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados, uma vez que as estimativas dos danos causados ao patrimônio público podem chegar a R$ 40 milhões.

“Os fatos investigados constituem, em tese, crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido”, informou a PF.

 

Fonte: Agência Brasil

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Dois celulares são roubados ou furtados por minuto no Brasil

    No Brasil, quase dois celulares são roubados ou furtados por [...]

  • BC eleva para US$ 500 mil limite cambial de instituições não bancárias

    A partir de 2 de setembro, as instituições financeiras não [...]

  • Projetos do Governo que reajustam salários e gratificações para profissionais da segurança pública são aprovados na Alese

    Em mais uma ação de valorização profissional dos servidores da [...]

  • Brasil apresenta proposta de aliança global contra a fome e a pobreza

    Integrantes do governo brasileiro participaram esta semana do Fórum Político [...]

  • Fake news contribuíram para queda das coberturas vacinais contra a poliomielite, afirma infectologista

    Desde 2016, o Brasil tem apresentado queda nas taxas de [...]