Quando você for a um show de Wesley Safadão ali na arena em frente ao Riomar, com o som de Ricardo Sá no volume máximo, saiba: tem ciência naquilo.

A cervejaria dinamarquesa Tuborg, preocupada – imagine! – com o consumo exagerado de álcool em festas buscou explicações científicas para promover o consumo consciente.

A companhia buscou um estudo realizado na França onde pesquisadores descobriram que música alta faziam com que as pessoas bebessem mais, e mais depressa. É coisa de beber um copo de cerveja três minutos mais rápido quando a gente compara pessoas que ouviram música a 72 decibéis com as que ouviram num volume de 88 decibéis.

A Tuborg desenvolveu os ‘beer plugs’, protetores auriculares em formato de copo de cerveja, diminuindo o volume e, assim, o exagero no consumo de bebida alcoólica. Na embalagem pode-se ler “Fato: Música alta faz você beber mais rápido” e “Proteja sua audição e beba com respeito”.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Petrobras e BNDES vão criar fundo para apoiar startups de inovação

    A Petrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e [...]

  • Níquel entra para a lista de minerais críticos e faz jus a subsídios

    A Ministra Federal dos Recursos da Austrália Ocidental, Madeleine King, [...]

  • BeFly Travel Sergipe lança pacotes para a Semana Santa 2024

    A Semana Santa 2024 está chegando, de 24 a 30 [...]

  • Desenrola Fies: negociação beneficia financiamento de novos alunos

    Foi com a ajuda do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) [...]

  • CCTECA promove observação da Lua e do planeta Júpiter com telescópios neste sábado, 24

    Acontece neste sábado, 24, o primeiro evento astronômico do ano [...]