Depois dos ataques desferidos pelo ex-aliado, Mendonça Prado, o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira sai da linha de tiro do fogo amigo e entra na mira do seu principal adversário político das eleições 2016., Valadares Filho. O deputado federal pelo PSB deu eco às palavras de Mendonça nas redes sociais e disse: Edvaldo tem que se preocupar com as investigações do MPF.

Valadares, que perdeu as eleições no segundo turno nutre um sentimento de “doce vingança” por Edvaldo quando o assunto é investigação do Ministério Público Eleitoral para apurar o crime de falsidade ideológica previsto no art. 350 do Código Eleitoral, praticado pelo então candidato comunista. É que Edvaldo teria recebido nas vésperas das eleições R$ 4 milhões da Torre para usar na chamada “boca de urna”. É o que se investiga agora com o compartilhamento de provas do processo que envolve a Torre e a Emsurb.

Segundo Valadares, as falas de ex-aliado de Edvaldo denotam “ a sua personalidade frágil, dúbia e aproveitadora.

Para Valadares Filho, declarações de Mendonça reafirmam a personalidade ¨frágil, dúbia e aproveitadora´ de Edvaldo: Mais recentemente com o engodo na revogação do aumento abusivo do IPTU. Nossa cidade não merecia um prefeito que tenta a todo tempo enganar os aracajuanos

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • BNDES: infraestrutura sustentável e mudança climática terão R$ 8,5 bi

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) terá [...]

  • Agrotóxicos: 25% dos alimentos de origem vegetal no país têm resíduos

    Dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostram que [...]

  • Mauro Vieira diz que é necessário preservar a paz na América do Sul

    O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, defendeu, nesta quarta-feira [...]

  • Governo do Estado alinha planejamento para o Verão Sergipe 2024

    Com o propósito de desenvolver uma atuação estratégica e direcionada, [...]

  • Centro de Referência no Atendimento Infantojuvenil completa um ano de funcionamento

    O Centro de Referência no Atendimento Infantojuvenil (CRAI) completou um [...]