Na véspera de São João sergipanos e turistas foram até o Arraiá do Povo na Orla da Atalaia para aproveitar a programação musical deste domingo, 23. A banda sergipana Cintura Fina foi quem abriu os shows no palco Rogério, seguidos do forró tradicional de Alcymar Monteiro, que aproveitou a ocasião para gravar mais um DVD e o forró pé de serra da banda Estakazero. Para encerrar a noite, o público acompanhou a versatilidade da banda Flor de Maracujá.

Atraída pela organização e segurança, a psicóloga soteropolitana Elizabete Medina veio com o marido, a irmã e o cunhado para se divertir no Arraiá do Povo. “Estamos na cidade desde quarta-feira e essa Orla é incrível, pois a gente consegue passear e curtir as atrações do Arraiá do Povo que este ano está num espaço mais amplo. Estamos impressionados com a tranquilidade da festa”, destacou.

Fã do cantor Alcymar Monteiro, a operadora de caixa Zuleide Soares estava com o repertório na ponta da língua. “Resolvi vir para o Arraiá na véspera do São João porque gosto muito do som dele. Sempre acompanho os shows. Além disso, a festa está muito bonita, esse novo formato está muito bom”, elogiou. Zuleide estava acompanhada da filha, a autônoma Thais Soares, e do neto, Thomas, de 7 anos. “Já estivemos aqui várias vezes e todas elas preciso destacar a segurança do Arraiá do Povo. É bom para vir sozinha, com a família ou amigos”, enfatizou.

O analista de sistemas Emerson Costa e a esposa, a professora Gisele Silva, vieram com as duas filhas e ressaltaram a estrutura que encontraram. “Eu sou apaixonado por Sergipe, ficamos muito surpresos com que encontramos aqui no Arraiá. Programação boa e com uma estrutura impressionante”, disse Emerson. Gisele acrescentou que o Arraiá do Povo está mais que aprovado por toda a família.

Atrações 

Formada pelo trio de vocalistas Márcia Gloover, Neto Marques e Pricy Calazans, a banda sergipana Cintura Fina trouxe ao público sucessos como ‘Eu e a Vaqueira’ e ‘Um Novo Dia’ e ‘Como Eu Imaginei’. Representando o grupo, Neto Marques afirmou que a banda tem 23 anos de história e que ao longo desse tempo vem adaptando o repertório para acompanhar o gosto musical do público. “É sempre bom cantar em casa, a gente sente o carinho dos aracajuanos daqui do palco”, ressaltou.

Mais conhecido como o ‘Rei do Forró’, Alcymar Monteiro garantiu a autêntica música nordestina ao público. Como faz em todas as apresentações de shows, o cantor cearense subiu ao palco Rogério vestido todo de branco. “Estou muito feliz por estar aqui mais uma vez. É muito bom cantar para quem gosta de te ouvir. Eu já gravei 86 discos, e só canto sucesso, o que eu canto o povo canta. E na véspera de São João, não podia faltar homenagem às músicas de três pessoas: Luiz Gonzaga, Dominguinhos e meu irmão, Reginaldo Rossi”, afirmou.

Tendo como foco o forró pé de serra, a banda baiana Estakazero já soma 25 anos de carreira. Liderada pelo cantor Leo Macedo, a banda trouxe muita alegria e amor para a arena. Músicas de sucesso, como ‘Encosta N’eu’ e ‘Sapatilha 37’, fizeram o público cantar e dançar durante todo o show. “Nós somos uma banda de forró, de Salvador, que defende o forró o ano inteiro. Comecei a cantar há mais ou menos 30 anos e tenho muito orgulho do que já construímos. O público de Aracaju é muito receptivo”, disse.

Encerrando a noite, a banda ‘Flor de Maracujá’, composta pelos vocalistas Nandda Fernandes e Jean Silva, levou ao público forró com pitada de romantismo. A música ‘Desacostumou’ é uma das mais recentes da banda.“Nós temos 24 anos de existência e ao longo desse tempo fomos nos adaptando ao público. O show de hoje foi muito especial”, revelou Nandda. De acordo com Jean, esse é o segundo ano da banda no estado e o grupo segue com muita história e tradição. “Nós somos uma banda metade sergipana, metade baiana. É maravilhoso estar aqui”, completou Jean.

País do forró

Durante 60 dias, o clima junino tomará conta do estado, fortalecendo o turismo, a cultura popular e aquecendo a economia em vários setores envolvidos na realização dos eventos. A programação do Arraiá do Povo e Vila do Forró é uma realização do Governo de Sergipe, por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap), Secretaria Especial da Comunicação (Secom), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e Banese, com apoio da Energisa, Netiz e Shopping Jardins, e patrocínio da Eneva, Pisolar, Deso, Maratá, GBarbosa e Serviço Social do Comércio (Sesc).

Fonte, Secom – Estado.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Dia do motorista destaca a importância da profissão e a capacitação exigida para assumir a linha de frente

    Ser motorista do transporte público coletivo de passageiros exige responsabilidade [...]

  • Dr. Edson Telles faz bonito na convenção do PL e mostra força

    Na última segunda feira (22/07), foi realizada a convenção partidária [...]

  • Procurador que foi motorista de aplicativo por quatro meses fará palestra em Aracaju

    A convite do MPT-SE, procurador do Trabalho Ilan Fonseca fala [...]

  • Fosfoetanolamina não combate o câncer, alerta a Anvisa

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou uma nota [...]

  • Pré-candidato a vereador Marcos Max lança seu nome em Arauá

    Nessa última segunda-feira (20) foi uma data importante para o [...]