Caso aconteceu no município de Tobias Barreto

Parece novela, mas é realidade. Mulheres ainda continuam atendendo a pedidos ilícitos de maridos presidiários. A história se repetiu com Gardênia dos Santos, Valéria Santos e Aline Santana, na madrugada deste sábado, 19. As três foram presas acusadas de posse de drogas no município de Tobias Barreto, no agreste sergipano.

A ação da polícia partiu de uma denúncia recebida que informa que mulheres estariam levando drogas para os maridos detentos. A partir daí, começaram as abordagens a veículos e pessoas no trecho da rodovia SE 170, que liga Riachão do Dantas a Tobias Barreto. As suspeitas se encontravam próximo ao povoado Pau de Colher, com elas estava aproximadamente meio quilo de maconha.

Gardênia e Valéria confessaram que a droga é para os maridos, porém Aline Santana disse que o entorpecente era para consumo próprio. Ambas foram encaminhadas à Delegacia de Tobias Barreto.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Edição 329

  • Governador anuncia projetos estruturantes para Educação PLs serão enviados à Alese. Fábio também entregou a quadra de Esportes do Colégio Estadual Mi

    Reafirmando o compromisso de investir na educação, nesta sexta-feira, 1º, [...]

  • Brasil busca protagonismo na COP após reduzir desmatamento na Amazônia

    O Brasil enviou para Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças [...]

  • Saneamento: coleta de esgoto ainda é problema em mais de 22 milhões de moradias no Brasil

    Mais de 22 milhões de moradias no Brasil não têm acesso [...]

  • Cumulatividade de impostos aumenta em 7,4% preço de produtos industrializados

    Um estudo da LCA Consultores mostra que a cumulatividade dos [...]