Foi ele quem assassinou a educadora por motivos passionais.
Jackson Douglas contou com a participação do amigo Fábio Almeida 

A Redação do Jornal Cinform saiu na frente e anunciou ontem com exclusividade que a morte da professora Ivânia Oliveira, de Campo do Brito (SE), foi um crime passional. E a Polícia Civil confirmou ao prender em Itabaiana, Jackson Douglas Passos Carvalho, namorado da vítima, na cidade de Itabaiana. A polícia prendeu também Fábio Almeida Santana, em Aracaju, acusado de envolvimento no crime.

Jackson Douglas não aceitou o fim do namoro

A professora Ivânia terminou o relacionamento com Jackson e nas investigações isso ficou evidenciado que foi o motivo principal levou o namorado a planejar a morte da vítima .  No carro de Ivânia foram encontradas várias roupas de Jackson.

A relação entre a professora e Jackson era bastante conturbada e não tinha a aprovação de familiares. A delegada responsável pelo caso, Michelle Araújo, concluiu o inquérito policial e concederá uma entrevista coletiva à imprensa para falar sobre as investigações que resultaram na prisão dos suspeitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • Petrobras e BNDES vão criar fundo para apoiar startups de inovação

    A Petrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e [...]

  • Níquel entra para a lista de minerais críticos e faz jus a subsídios

    A Ministra Federal dos Recursos da Austrália Ocidental, Madeleine King, [...]

  • BeFly Travel Sergipe lança pacotes para a Semana Santa 2024

    A Semana Santa 2024 está chegando, de 24 a 30 [...]

  • Desenrola Fies: negociação beneficia financiamento de novos alunos

    Foi com a ajuda do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) [...]

  • CCTECA promove observação da Lua e do planeta Júpiter com telescópios neste sábado, 24

    Acontece neste sábado, 24, o primeiro evento astronômico do ano [...]