Para garantir a segurança da população nos festejos juninos, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) vem atuando na fiscalização das barracas de fogos. Em locais previamente autorizados e que possuem o alvará de funcionamento, as equipes do CBMSE mantêm as ações e verificam o cumprimento das normas técnicas, que visam evitar acidentes, já que são artefatos que podem causar explosões.

No contexto da fiscalização das barracas de segurança, as equipes do CBMSE verificaram o cumprimento das normas previstas nas Instruções Técnica nº 30/2018 e nº 01/2021, como explicou o tenente Ademir Oliveira, integrante do Setor de Fiscalização e Vistoria da corporação. “São instruções referentes às normas relativas à venda e ao armazenamento de fogos de artifício”, especificou.

Penalidades

De acordo com o Setor de Fiscalização e Vistoria do CBMSE, em caso de irregularidades cometidas por proprietários de barracas de fogos autorizadas, o atestado será suspenso. “E o material poderá ser apreendido juntamente com o Departamento de Fiscalização de Armas e Explosivos [Dfae], da Polícia Civil, e essa pessoa estará respondendo aos procedimentos cabíveis”, relatou o tenente Ademir.

Autorização de venda

As fiscalizações são necessárias pois os fogos de artifício são materiais potencialmente explosivos, o que demanda o cumprimento de normas técnicas para evitar acidentes e explosões. Diante desse contexto, é necessária a avaliação e a autorização de órgãos de segurança pública. “Inicialmente, o responsável dá entrada no portal do Corpo de Bombeiros solicitando a vistoria de compatibilidade do local”, explicou o tenente.

Após a vistoria, o CBMSE informa ao solicitante sobre a viabilidade de instalação das barracas de fogos nos locais avaliados pela corporação. “Conforme a viabilidade, o solicitante entra no portal do Corpo de Bombeiros para apresentar a documentação necessária para instalação da barraca de fogos no local avaliado”, complementou o integrante do Setor de Fiscalização e Vistoria.

Denúncias

Nos casos em que o cidadão identificar práticas irregulares relacionadas à venda de fogos de artifício, é preciso denunciar às autoridades de segurança pública. É importante que a população procure barracas que estejam autorizadas pelo CBMSE, sendo obrigatório que o local tenha visivelmente o atestado. As denúncias podem ser feitas pelo número 193.

 

 

 

Fonte: Agência Estado – SE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • BC eleva para US$ 500 mil limite cambial de instituições não bancárias

    A partir de 2 de setembro, as instituições financeiras não [...]

  • Projetos do Governo que reajustam salários e gratificações para profissionais da segurança pública são aprovados na Alese

    Em mais uma ação de valorização profissional dos servidores da [...]

  • Brasil apresenta proposta de aliança global contra a fome e a pobreza

    Integrantes do governo brasileiro participaram esta semana do Fórum Político [...]

  • Fake news contribuíram para queda das coberturas vacinais contra a poliomielite, afirma infectologista

    Desde 2016, o Brasil tem apresentado queda nas taxas de [...]

  • Governo cria sistema de emissão de carteira nacional da pessoa com TEA

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, nesta quarta-feira [...]