No encontro de Cacumbis, em Laranjeiras, deputado reafirma compromisso com a cultura popular e o turismo


Defensor da cultura popular e de ações que fomentam o turismo e o desenvolvimento, o deputado estadual Zezinho Sobral esteve, mais uma vez, no município de Laranjeiras para prestigiar o retorno do Encontro de Cacumbis, evento que acontece em sua oitava edição. Diante da pandemia da Covid-19, o encontro não foi realizado no ano passado e, com a recente liberação para a realização de eventos de pequeno porte, a manifestação cultural retornou este ano, seguindo todos os protocolos de saúde.

Com apresentações de grupos folclóricos de diversas cidades como São Cristóvão, Japaratuba, Lagarto, Itabaiana, Itaporanga D’Ajuda, Aracaju e a sede do evento, Laranjeiras, o encontro também contou com palestras e discussões com o tema “A cultura popular de Laranjeiras honra e celebra a vida diante da crise pandêmica”.

“Cultura é tradição, é turismo, é festa! É sempre uma alegria celebrar a cultura popular, a arte feita pelo povo que atravessa gerações. Parabenizo os grupos folclóricos que se apresentaram no encontro. O ano de 2020 foi muito doloroso para a cultura e a pandemia nos impediu de brincar, de celebrar e de estarmos juntos. O retorno do Encontro dos Cacumbis, com todos os cuidados de saúde, é um marco. Parabenizo em especial o grupo laranjeirense Cacumbi de Mestre Deca, que tem todo meu carinho e apreço”, afirmou Zezinho Sobral.

O idealizador do evento e responsável pelo grupo folclórico laranjeirense, Antônio Carlos, que é filho de Mestre Deca, conta que foi uma tristeza a não realização do encontro em 2020 e que, o retorno em 2021, ocorreu com grande entusiasmo, alegria e esperança.  “Então, retornamos este ano falando justamente da pandemia, como os brincantes e artistas culturais podem lidar com essa pausa nas atividades com público. Um dos nossos palestrantes falou, justamente, de economia, de como podemos usar a nossa arte e a cultura para o nosso sustento. Fico muito feliz com a presença de Zezinho Sobral, que sempre apoiou a cultura laranjeirense. Desde a gestão de seu pai, Zé Sobral, e agora como deputado, sempre preocupado e atuante para fortalecer a nossa cultura”, comemorou.

O Cacumbi é um grupo folclórico formado apenas por homens que se apresentam para louvar São Benedito e Nossa Senhora do Rosário, usando calça branca e camisa amarela. Com chapéu decorado com fitas coloridas e espelhos, dançam ao som do ritmo forte do batuque, tambores, chocalhos e apitos. Com formação sempre em fileiras, o Mestre e o Contramestre, trajando camisa azul e no centro das fileiras, conduzem a apresentação.

 

Alese

Previous Tóquio tem recorde de 3.177 novos casos de covid-19
Next No sexto dia da Olímpiada, Brasil avança no futebol e na canoagem