Transporte opera com dificuldade devido à paralisação em Aracaju


O Setransp informa que o sistema de transporte público coletivo está operando com dificuldade na manhã desta sexta-feira, 28, devido à paralisação na operação das empresas do Grupo Progresso (Progresso, Tropical e Paraíso), realizada pelos respectivos funcionários. A empresa está buscando alternativa para solução e regularização da prestação do serviço.

A situação vivida pelo Grupo Progresso não é diferente das demais empresas do setor de transporte. Em Aracaju e na região metropolitana, hoje o sistema de transporte está operando com 100% da frota operacional, mas com uma demanda de passageiros de menos de 58% dos que circulavam antes da pandemia.

Esse impacto na queda de receita e sem qualquer apoio financeiro ao serviço de transporte que é essencial, já vinha sendo alertado pelo setor há bastante tempo, inclusive pontuando que a pandemia agravou dificuldades para o pagamento dos salários dos colaboradores e do combustível, que são os dois maiores insumos no custo do serviço.

O Setransp reforça que nenhuma empresa tem a intenção de passar por uma situação como essa, mas não existe sistema de transporte no mundo que se mantenha em pé diante de uma disparidade economia deste tamanho em relação à receita versos despesas.

As demais empresas operadoras do transporte estão tentando dar suporte à operação do serviço diante desta paralisação, para não deixar a população desassistida, porém com muitas limitações. Só o Grupo Progresso atende a 43 linhas do sistema integrado com 146 ônibus.

Previous Incêndio no hospital Nestor Piva, Zona Norte de Aracaju
Next PF: operação investiga fraude com verbas de combate à covid em Sergipe