Municípios de Sergipe reforçam pedido de novas doses ao Ministério da Saúde


Ascom/SMS

Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'u739694153_cinformonline.wp_ppress_meta_data' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ppress_meta_data WHERE meta_key = 'content_restrict_data'

A secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, participou nesta sexta-feira, 30, de uma reunião do Conselho de Secretários Municipais do Estado de Sergipe (Cosems) na sede da secretaria de Estado da Saúde de Sergipe (SES) para debater sobre o abastecimento de imunizantes contra a covid-19. Durante o encontro, a Capital e os municípios de Nossa Senhora do Socorro e Barra dos Coqueiros decidiram enviar ao Ministério da Saúde (MS) o quantitativo necessário de pessoas que necessitam a segunda dose da vacina CoronaVac.

“Com essa deliberação da assembleia do Cosemse vamos reforçar para o Ministério da Saúde o pedido por quantitativo de idosos que já estão completando seus vinte e oito dias da primeira dose. Esse debate já vinha sendo feito na semana passada com o Conselho Nacional de Representantes Estaduais (Conares), quando foi acordado que a requisição seria feita na reunião com os conselheiros municipais para, a partir daí, o MS ser oficializado da demanda de segundas doses”, destacou Waneska, informando que o Ministério deve avaliar o pedido para liberação dos imunizantes em quantidade suficiente para suprir a necessidade de Aracaju.

Na última terça-feira, 27, o prefeito Edvaldo Nogueira já tinha endereçado um ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, solicitando o envio de doses da vacina CoronaVac para reforço da imunização no município. No documento, o prefeito informou a necessidade urgente de envio de 11.893 doses da CoronaVac para uso como segunda dose nas pessoas que completarão o prazo de 28 dias para recebimento da vacina de reforço.

 

Previous Petrobras reduz preços do diesel e da gasolina nas refinarias
Next Portugal inaugura ponte suspensa de pedestres mais longa do mundo