Donos de bares e restaurantes podem solicitar serviços gratuitos até sexta


Ideia é ajuda-los a aumentar as vendas e recuperar o faturamento

Termina nesta sexta-feira o prazo para empreendedores do segmento de bares e restaurantes solicitarem serviços tecnológicos gratuitos oferecidos pelo Sebrae. A instituição está disponibilizando soluções nas áreas de marketing digital e delivery para ajuda-los a enfrentar a crise e recuperar o faturamento perdido durante a pandemia.

Podem ter acesso ao benefício microempreendedores individuais, donos microempresas e empresas de pequeno porte que faturem até R$ 4,8 milhões ao ano, tenham CNPJ e cujos CNAEs (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) sejam de restaurantes e similares, lanchonetes, casas de chás, de sucos e similares e bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas, sem entretenimento.

Os empresários poderão ter acesso, sem custo, a três serviços: e-commerce (desenvolvimento de loja virtual com link para WhatsApp), marca e cards para mídias sociais (desenvolvimento ou adequação de uma marca com aplicação em cartão de visitas e cinco cards para redes sociais) e alimento seguro – cozinha para delivery (elaboração de manual de boas práticas de higiene e segurança dos alimentos com foco no delivery).

Para solicitar o apoio o empreendedor deve preencher o formulário disponível no site www.sebraesergipe.com.br/sebraetec. É importante lembrar que cada empresa poderá realizar apenas um serviço.

Sebraetec

As soluções são oferecidas por meio do Sebraetec, um programa desenvolvido pelo Sistema Sebrae para facilitar o acesso dos pequenos negócios à inovação. Por meio dele os empresários podem melhorar seus processos, produtos e design, eliminar desperdícios e reduzir custos, implantar práticas sustentáveis e receber licenças para a operação, atualizar processos e atuar em comércio eletrônico e melhorar a produtividade e qualidade dos serviços.

As ações são oferecidas regularmente com o subsídio financeiro de 70% por parte do Sebrae, cabendo ao empreendedor investir os outros 30%. Especificamente nessa ação para bares e restaurantes o Sebrae está custeando o valor integral do serviço.

As atividades são realizadoa em parceria com entidades de ciência, tecnologia e inovação credenciadas pelo Sebrae. Com essa proposta busca-se fortalecer a capacidade competitiva dos pequenos negócios, estimulando a transferência de tecnologia entre instituições e empresas.

Previous Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças
Next Aracaju aguarda novas doses para retomar aplicação da segunda dose de CoronaVac