Deputado solicita inclusão de sergipanos com Síndrome de Down e Autismo nos grupos prioritários de vacinação


Foto: Joel Luiz
Parlamentar também pede que sejam priorizados portadores de doenças crônicas, cuidadores de idosos, bancários, motoristas e cobradores de ônibus
Atento às ações de combate e enfrentamento do coronavírus em Sergipe, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) usou a Tribuna da Assembleia Legislativa para apresentar uma Indicação que solicita ao Governo do Estado a inclusão de sergipanos com síndrome de down, autismo, doenças crônicas, bem como acompanhantes de idosos (independente da idade) no grupo prioritário do Plano Estadual de Imunização.
“Recebi diversas mensagens de pais, mães, tios aflitos porque os filhos e sobrinhos com down precisam dessa assistência. Crianças, jovens e adultos têm dificuldades de utilizar a máscara. A Constituição Federal, a Lei Brasileira de Inclusão e as entidades voltadas para Direitos Humanos garantem a prioridade desses grupos. Muitos possuem comorbidades, problemas pulmonares, respiratórios, cardíacos e a vacinação seria um grande aliado na prevenção. A importância de garantir que as pessoas com síndrome de down e autismo sejam vacinadas o quanto antes”, explicou Zezinho Sobral.
O deputado se soma à luta de muitas famílias sergipanas que desejam incluir os entes nesses grupos prioritários. “Sabemos que os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde, mas já solicitei à Secretaria de Estado da Saúde para atender a esses sergipanos. Também solicito a inclusão de sergipanos portadores de doenças crônicas como, por exemplo, diabetes, hipertensão, trombose, que têm risco aumentado ao coronavírus”, ressaltou Sobral.
Ainda na Tribuna, Zezinho Sobral solicitou a inclusão de acompanhantes de idosos no Plano Estadual de Imunização, quaisquer que sejam suas idades. “São pessoas que permanecem em contato diuturno com o grupo mais vulnerável em face da Covid-19, os idosos. A vacinação dos acompanhantes como grupo prioritário tem por escopo a proteção deles, das famílias e dos próprios idosos. Também peço vacinação para os bancários, motoristas e cobradores de ônibus, e todas os que diariamente têm contato com outras pessoas, se expondo aos riscos e que precisam de imunização. A vida é prioridade”, pontuou Zezinho Sobral.
Ascom / Deputado Zezinho Sobral
Previous Anvisa alerta para riscos da automedicação
Next Testes para vacina contra HIV têm resultados promissores