Prefeitura de Aracaju iniciará pelos bairros carentes entrega de kits de alimentação escolar


A Prefeitura de Aracaju definiu, na manhã desta sexta-feira, 27, como será feita a distribuição dos kits de alimentação escolar para as crianças matriculadas na rede municipal de ensino. A medida foi uma das determinações estabelecidas pela administração municipal para o enfrentamento ao coronavírus na capital sergipana, e tem como finalidade garantir um reforço alimentar aos alunos, durante o período de suspensão das aulas, por conta do vírus. Em entrevista à imprensa, Edvaldo confirmou que a entrega dos kits se iniciará na segunda-feira, 30, das 8h às 17h,  pelas áreas mais vulneráveis da cidade, no caso os bairros Santa Maria e 17 de Março. As Forças Armadas atuarão junto à Prefeitura na distribuição.

“Tenho certeza de que essa ação será um sucesso e que os kits serão muito bem distribuídos, chegando na hora certa para os nossos alunos. Todas os 32 mil alunos, matriculados na rede municipal, serão contemplados. O que quer dizer que não será por família, mas por aluno, então se houver três crianças na mesma casa que estudam na rede municipal, as três receberão os kits. Sabemos que é muito importante garantir a alimentação dos nossos alunos que estão na faixa de idade de 0 a 14 anos. Eles precisam desse complemento alimentar e é por isso que adotamos essa medida. Vamos começar pelas áreas mais vulneráveis da cidade, pelos bairros Santa Maria e 17 de Março, e a distribuição será feita no horário em que o aluno estuda”, informou o prefeito.

Edvaldo ressaltou que a presença do Exército e da Marinha “dará segurança” à população. “Não é uma operação fácil. Por isso fizemos o convite e ficamos muito felizes de termos sido atendidos. O apoio da Marinha e do Exército nos dará a garantia de que todas as crianças das 74 escolas serão prontamente atendidas e que os meninos e meninas terão acesso, aos kits, da maneira correta”, salientou.

A secretária da Educação, Cecília Leite, explicou que o cronograma de distribuição foi elaborado com base no Observatório Social do município. “Usamos este instrumento muito importante porque ele identifica as áreas mais vulneráveis da cidade. Por isso começaremos pelos bairros 17 de Março e Santa Maria. De lá, seguiremos para outras regiões, cumprindo com o nosso cronograma. Mas é importante reforçar que cada criança receberá um kit, então a família que possui duas, três crianças matriculadas em nossa rede, vai ter direito a dois, três kits. Está assegurado para os 32 mil alunos matriculados na rede municipal de Aracaju”, detalhou.

O comandante do 28º Batalhão de Caçadores, tenente coronel Marco Aurélio Magalhães elogiou a ação da Prefeitura e enfatizou que a missão das Forças Armadas é cooperar. “A Prefeitura realizou o planejamento para distribuição dos kits de alimentação nas escolas e nos convidou para apoiar nessa entrega, garantindo que o alimento chegue às crianças. Então a presença dos militares é para dar credibilidade a essa entrega, de forma que a população veja que há organização e empenho para entregar os alimentos. Estaremos em todas as escolas com uma equipe, apoiando a ação e colaborando. Vamos garantir que tudo ocorra com tranquilidade e segurança”, ratificou.

De mesmo modo,  o capitão de Portos, Guilherme Conti Padão, disse que a Marinha “recebe a missão com grande satisfação”. “Mantemos uma relação muito boa com a Prefeitura e com certeza realizaremos um grande trabalho em conjunto. Foram estabelecidas áreas de distribuição e estaremos presentes em duas escolas com nossas equipes, garantindo a segurança e conforto das pessoas. A solicitação da Prefeitura foi justamente essa, que a segurança seja mantida. Então faremos com que as pessoas se sintam seguras e que a ordem seja mantida com as melhores condições possíveis”, reiterou.

Distribuição

A distribuição terá início no dia 30 de março, quando serão atendidas todas as escolas pertencentes à 7ª Região (Santa Maria e 17 de Março), e se estenderá até o dia 8 de abril – a cada dia, uma Região Estudantil será atendida pela ação que contemplará todos os alunos. Para que a ação seja colocada em prática, a Educação contará com o apoio dos servidores lotados na secretaria, gestores escolares e prestadores de serviços das empresas terceirizadas. Todos estarão com EPI, conforme preconizam protocolos de controle da transmissão do coronavírus. Para garantir a segurança de todos, será respeitado o distanciamento entre os indivíduos e a cada troca de turma, o ambiente será higienizado.

Para as crianças matriculadas em creches, serão entregues kits contendo itens como leite, cereal, óleo de soja, bebida láctea, leite de coco, açúcar, arroz, achocolatado, biscoito, feijão, floco de milho, molho de tomate, macarrão,  milho de canjica, proteínas, além de um kit horti. No caso dos alunos matriculados no ensino fundamental, os kits vão conter açúcar, arroz, feijão, pão, broa de milho, flocão de milho, leite, macarrão, molho de tomate, proteína e kit horti.

O Exército Brasileiro e a Capitania dos Portos serão  parceiros da Prefeitura nesta ação, principalmente para garantia da ordem e do cumprimento do Decreto Municipal, no que tange a proibição de aglomeração nos espaços públicos. Para evitar aglomerações, os atendimentos serão feitos por turmas, respeitando os turnos de estudo dos alunos e observando o limite máximo de 20 pessoas, por ambiente. A entrega terá início às 8h, para o turno da manhã, e às 13h para o turno da tarde.

Para recebimento do kit, o pai ou responsável deverá comparecer à escola, horário de atendimento determinado para o seu filho, munido de documento de identidade e documento de identificação do aluno, com foto.

Cronograma

No dia 30 de março serão entregues os kits nos bairros Santa Maria e 17 de Março, das seguintes escolas: Emef José Souza de Jesus; Emei Doutor José Calumby Filho; Emef Professor Laonte Gama da Silva; Emei Irene Romão de Brito; Emef Papa João Paulo II (e anexo); Emef Professor Diomedes Santos Silva, Emei Professor João Batista “Douglas” de Souza.

No dia 31 de março serão contemplados os bairros Aeroporto, Farolândia e Zona de Expansão. Já no dia 1º de abril as entregas acontecem nos bairros Bugio, Lamarão, Santos Dumont e Soledade. No dia 2 de abril será a vez dos bairros América, Capucho Novo, Paraíso, Olaria  e São Carlos e no dia 3 de abril nos bairros 18 do Forte, Cidade Nova, Japãozinho, Palestina e Porto Dantas.  Já no dia 6 de abril será a vez dos bairros Centro, Industrial, Jabotiana, Ponto Novo  e Santo Antônio e no dia 7 de abril nos bairros Getúlio Vargas, José Conrado de Araújo e Siqueira Campos. A distribuição finaliza no dia 8 de abril, nos bairros Atalaia, Coroa do Meio, Inácio Barbosa, Luzia e São Conrado.

Para mais esclarecimentos, a Educação disponibiliza canais de comunicação. Os telefones são: 3179-1538 / 3179-1574 / 98106-2969 (whatsapp).

Previous Governo de Sergipe suspende festejos juninos, e defende harmonia entre Estado e municípios
Next Papa Francisco concedeu bênção especial "Urbi et Orbi"