Registrado em cartório: na aposentadoria, deputado Gilmar não receberá mais que servidores inativos do INSS


Ficou também registrado em cartório que maior parte da aposentadoria irá para a creche Almir do Picolé

O deputado estadual Gilmar Carvalho, na manhã desta quarta-feira, 29, registrou em cartório que não quer receber, quando aposentado, que ocorrerá apenas quando não exercer cargo público efetivo, mais que o teto da aposentadoria dos servidores inativos pelo INSS.

Gilmar, consciente dos altos valores pagos aos deputados aposentados, decidiu que não deve receber mais que os servidores.
“Se abrisse mão, nada estaria garantido para a Ação Social Almir do Picolé”, disse Gilmar.

Se abrisse mão, o dinheiro voltaria para o pagamento de aposentadoria aos demais parlamentares.

Previous "Temos que fazer mais", diz Moro sobre combate à corrupção no país
Next Regina Duarte diz sim a Bolsonaro, e aceita o convite para ser secretária de Cultura