Netanyahu e Gantz comemoraram vitória nas eleições de Israel; resultado oficial não foi divulgado


(Foto: Alan Santos/PR)

Mais de 6 milhões de eleitores foram às urnas nesta terça-feira (9) em Israel para escolher o novo Parlamento, o Knesset, formado por 120 cadeiras. O atual primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que tenta o quinto mandato, e o principal concorrente dele, o general Benny Gantz, ex-chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, anunciaram vitória nas redes sociais.

Netanyahu e Gantz informaram, nas contas pessoais no Twitter, que venceram as eleições. Não há, por enquanto, resultados oficiais. A expectativa é que os resultados sejam anunciados amanhã (10), porém as pesquisas de boca de urna indicam um empate entre os dois.

“O bloco de direita liderado pelo Likud obteve uma vitória clara. Agradeço aos cidadãos de Israel por sua confiança. Eu vou começar a formar um governo de direita com nossos parceiros naturais hoje à noite”, disse o atual primeiro-ministro.

O general também agradeceu os votos obtidos. “Nós vencemos. O povo de Israel falou. Graças a milhares de ativistas e mais de um milhão de eleitores. Nestas eleições há um claro vencedor e um claro perdedor.”

Os temas centrais ds eleições giraram em torno do projeto de lei que fixa regras sobre o serviço nacional para a população ultraortodoxa e as questões relativas à Faixa de Gaza.

A partir das eleições para o Parlamento será escolhido o futuro primeiro-ministro. No total 13 candidatos buscaram apoio para ocupar o cargo. Desde que Israel foi fundada, em 1948, nenhum partido formou uma maioria absoluta.

Com informações da Agência Brasil

Previous Novo ministro da Educação é empossado e participa de reunião ministerial
Next Presidente de CPI das enchentes quer convocar Crivella para audiência