Moda masculina: barba vira sinônimo de estilo e personalidade


Homens ganham salões com serviços especializados e área de lazer

A barba, para muitos homens, ajuda a complementar o estilo ou traduzir personalidade. Do mais sério ao despojado. Os homens têm investido nos pelos faciais. Porém, eles não são sinônimo de descuido. No universo masculino, também há aqueles que possuem uma barba falhada ou com dificuldades de crescimento. Esses fatores estão associados, principalmente, à genética, mas podem ser reversíveis com alguns cuidados.

Nutrólogo Filipe Passos orienta que é necessário incluir vitaminas nas refeições

Além da herança biológica, a alimentação desequilibrada, com ausência de macro e micronutrientes, alterações hormonais, doenças inflamatórias e estresse podem influenciar no desenvolvimento do pelo. Para estimular a saúde da barba, o nutrólogo Filipe Passos orienta que os homens devem estar atentos às práticas de atividades físicas, retirar maus hábitos diários que alteram o metabolismo e principalmente: dedicar-se a

uma boa dieta.

“Não vamos falar que é necessário largar o bacon nem a cerveja. Pode respirar mais calmo. Mas vai ser necessário incluir mais vitaminas nos seus pratos. Lembra quando a sua mãe falava para você deixar o prato colorido? E às vezes que ela disse que você não sairia da mesa sem comer seus vegetais? Pois é, esse é o caminho para obter uma barba sem falhas e saudável”, explica o nutrólogo.

As vitaminas e minerais auxiliam no desenvolvimento de um pelo saudável e devem atuar através de uma alimentação balanceada. Também há suplementos que auxiliam o processo. “Nosso metabolismo funciona de dentro para fora, mas a suplementação pode ser muito eficaz em alguns casos. Existem substâncias que têm características antioxidantes e anti-inflamatórias como o Ômega 3, resveratrol e Vitis Vinífera, que também auxiliam na saúde da barba”, comenta o nutrólogo Filipe Passos.

Farmacêutico Aldino Porto recomenda uso de cosméticos

Resultados eficazes
A regular alimentação e o uso de cosméticos podem promover resultados eficazes. Nos últimos anos, a tendência da barba tem estimulado a indústria farmacêutica a se dedicar, ainda mais, às pesquisas, desenvolvimento, elaboração, produção, comercialização e aplicação de cosméticos nesse segmento. Os produtos variam de acordo com o tipo específico de barba e finalidade.

Para estimular o crescimento, o comércio oferta produtos como loções, por exemplo, que garantem o desenvolvimento do pelo. Mas, será que eles são eficazes? O farmacêutico Aldino Porto afirma a eficiência dos produtos. “Hoje, os cosméticos contêm, em suas formulações, os chamados nanofatores de crescimento que induzem o aumento de pelos. Porém, devem ser utilizados com cautela, evitando passar em regiões que estejam irritadas ou feridas, pois podem agravar a lesão”, destaca.

Ainda de acordo com o farmacêutico Aldino Porto, o mercado também dispõe de cosméticos como balm para barba, com a finalidade de hidratação, shampoos e condicionadores exclusivos para a barba, para promover a limpeza, e também reparadores de fios, com a finalidade de alinhar e arrumar.

Mudança de visual
Há cerca de um ano, o autônomo Hélio Santos decidiu que queria manter a barba. Então, ele buscou uma barbearia e conversou com o profissional, explicando acerca da dificuldade de crescimento do pelo. Passados alguns meses, Hélio viu seu rosto com um novo aspecto. “Passei a frequentar regularmente a barbearia e utilizar produtos específicos para crescimento. Eu tinha poucos pelos no rosto. Com quase quatro meses os pelos praticamente dobraram. Hoje, o resultado está surpreendente e posso dizer que tenho barba”, afirma.

Barbeiro Ramon é referência no segmento em Sergipe

Referência sergipana no segmento, o barbeiro Ramon Gonzallez afirma que o mercado masculino cresceu de forma expressiva. Além da gama de produtos disponíveis, o barbeiro alerta que o homem deve frequentar a barbearia entre dez a quinze dias, para realizar a manutenção.

Nas barbearias, um dos modelos mais pedidos atualmente é a barba com degradê nas laterais, que oportuniza e alonga o rosto. Segundo o barbeiro Ramon, esse estilo não combina com todos os rostos.

“Os modelos de barba ainda exigem muito de acordo com o formato do rosto. Nós que temos uma noção de visagismo, sabemos o que vai se adequar à necessidade do rosto”, comenta o barbeiro.
Ramon destaca que a barba não é descuido e o homem deve buscar um local de referência para os cuidados e manutenção. Segundo ele, àqueles que têm a barba falhada ou com problemas de crescimento não devem se privar. O barbeiro instrui que após uma avaliação profissional o homem pode passar a utilizar produtos específicos e, consequentemente, chegar à um bom resultado. Para Ramon, a barba vai além da questão estética.

“A barba não é só uma questão de vaidade. Ela se tornou, de fato, um estilo de vida. O homem que manteve a barba durante um tempo e gostou, ele vai usar o resto da vida. Hoje, o homem frequenta a barbearia pelo prazer de se cuidar, para sentir a sinergia do ambiente, além dos vínculos criados”, frisa Ramon Gonzallez.

Previous Aditivo de Termo de Cooperação com o Poder Judiciário é assinado
Next Torre suspende serviço de coleta de lixo domiciliar em Aracaju