População reclama da falta de infraestrutura em bairros da capital


Moradores do Soledade sofrem com alagamentos nos períodos de chuva

Grupo foi até a Sede da Prefeitura tentar falar com o
Prefeito Edvaldo Nogueira na última semana

A falta de saneamento básico e de asfalto nas ruas são problemas que atingem, principalmente, os bairros mais periféricos de Aracaju. Como é o caso do bairro Soledade, zona norte da capital.

Segundo os moradores do loteamento Jardim Bahia, há mais de uma década que a comunidade sofre com a lama nos períodos de chuva e com a poeira nos períodos de estiagem. Lúcia da Conceição mora no loteamento há mais de dez anos e lembra que teve que construir sua casa um pouco mais alta para evitar que ela seja invadida pela água quando chove.

“Eu moro lá há mais de 10 anos e sempre foi assim. Quando chove, ficamos ilhados. A maioria dos moradores do loteamento Jardim perdeu os móveis porque, sempre que chove, a água invade as casas”, lembra.

Além de sofrerem com os problemas da falta de infraestrutura da localidade, as crianças não têm uma área de lazer. “O nosso loteamento não tem área de lazer, mas nem nas ruas elas podem brincar. Lá tem muita lama, isso faz com que o risco de contaminação por alguma doença seja muito alto”, comenta Antônio de Araújo, que também é morador do Jardim Bahia.

Os moradores relatam ainda que até mesmo os veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tem dificuldade para entrar na localidade para socorrer os moradores.

Deso causou transtornos no bairro Atalaia

PROBLEMAS EM OUTROS BAIRROS

Mas não é somente na Soledade que os aracajuanos sofrem com a lama, buracos ou com a poeira. No bairro Atalaia, no lado oposto da cidade, moradores sofrem com o estado que as ruas foram deixadas após a realização de obras da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso).

“No bairro Atalaia, por exemplo, a Deso realizou obras em algumas ruas e elas estão intransitáveis, cheias de buracos e a poeira dificulta até a respiração das pessoas”, comenta Antônio.

COBRANÇA À PREFEITURA

Moradores dos bairros Soledade e Atalaia se reuniram na frente da sede da prefeitura para pedir melhorias

Na última terça-feira (20), moradores da Soledade e da Atalaia se juntaram em frente a Sede da Prefeitura de Aracaju para cobrar ações mais efetivas do prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B). Segundo os representantes do grupo, nem o prefeito nem a sua vice Eliane Aquino (PT) os recebeu naquele dia.

“Hoje, não conseguimos falar com o Prefeito ou com a vice, apenas uma assessora do Prefeito nos recebeu. Ela pegou o nosso contato e falou que marcaria uma reunião com o presidente da Emurb, onde poderemos expor as nossas demandas e ouvir dele o planejamento da Prefeitura para as localidades”, afirmou Antônio na saída da Prefeitura.

Procurada pela equipe de reportagem do CINFORM, a assessoria de comunicação da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) informou que a Prefeitura de Aracaju já fez a licitação para executar a obra de infraestrutura nos Loteamentos Jardim Bahia I e II, onde serão investidos R$ 3.053.783,15 para implantar drenagem e pavimentação em 14 ruas. “No momento, a PMA aguarda que a Caixa Econômica Federal termine de analisar todo o processo e autorize o início da obra”, afirma.

Previous Arquitetura para economizar
Next Você sabe quanto custou o Forró Caju 2018?