Desafio do primeiro emprego


O inicio da vida profissional em tempos que a taxa de desemprego esta elevada amedronta muitos que ficam na dúvida de como se preparar para procurar o primeiro emprego ou primeiro estágio.

A estudante de enfermagem, Mirella Andrade, está em busca do seu primeiro emprego a cerca de um ano, porém a falta de experiência é a maior dificuldade. “Procurei muito na minha área de estudo (saúde),mas por conta de alguns requisitos como alta experiência em determinadas funções,ainda não consegui nenhum. Olho em outras áreas também,mas basicamente tudo precisa de experiência…sendo que precisamos de experiência para ter experiência, fica um pouco difícil”, comenta.

A Coach Integral Sistêmico nas áreas de Vida, Carreira e Inteligência Emocional e expertise de mais de 10 anos em Gestão Estratégica de Pessoas, Taissa Amorim, destaca a importância do tema.

“É o início de um novo ciclo na vida de tantas pessoas. Um momento de conexão interior porque perpassa pela Matriz de Crenças: identidade, capacidade e merecimento. Quem eu sou? O que sou capaz de fazer? Sou merecedor de conquistar um excelente emprego? Sou merecedor de uma excelente oportunidade de desenvolvimento pessoal, profissional e financeiro? A busca pelo primeiro emprego na verdade é um momento de decisão que mexe com toda estrutura emocional. Antes de preparar o currículo entenda exatamente onde você quer chegar”, conta.

Taissa comenta que primeiro é necessário saber qual é o objetivo profissional. “Prepare seu currículo focado no que você deseja alcançar profissionalmente. Um currículo claro, conciso e escrito com muita sinceridade vai ajudar o recrutador a entender o seu objetivo e irá facilitar a conexão entre vocês. Atenção, ao elaborar seu currículo destaque as competências que desenvolveu ao longo da trajetória acadêmica a exemplo: liderança, determinação, boa comunicação, pontual, saber trabalhar em equipe”.

 

A coach também destaca que o autoconhecimento é importante na hora de entrar no mercado de trabalho. “Sinceridade e transparência são qualidades de extrema importância no ser humano. Mostre total confiança ao expor suas qualidades e claro seus pontos de melhoria. Todos nós estamos “sempre” em processo de evolução, então, não exija muito de você. Um super técnica vou compartilhar com você: Escreva 30 características positivas suas, caso tenha dificuldade pergunte as pessoas da família, amigos, colegas da escola, faculdade as características que reconhecem em você. Escreva quais comportamentos precisam melhorar e com certeza vai encontrar os pontos de melhoria”, comenta.

 

Outra dica que Taissa dá para os iniciantes é focar nas empresas do seu interesse.  “Lembre-se de preparar o currículo especialmente para cada empresa. Você é singular, ou seja, suas características de tornam uma pessoa especial e diferente das demais. Assim é a empresa que irá candidatar-se, é especial com sua missão, visão e valores”, destaca.

 

Na hora da entrevista outro cuidado que a coach chama atenção é em relação a imagem. “Cuide de sua imagem. Saiba que nos comunicamos fortemente de forma “não verbal”.

A roupa, o sapato, acessórios, cabelo, maquiagem, unhas, barba precisa estar adequado para o ambiente profissional. Todo o visual precisa passar uma impressão de cuidado, asseio, harmonia, conforto”, conta.

 

E para aqueles sem experiência Taissa comenta que é importante valorizar a experiência acadêmica. “Existem empresas que gostam e até preferem candidatos sem experiência para determinados cargos acaba sendo vantajoso para o futuro do negócio. Os candidatos chegam sem vícios comportamentais e desenvolvem seus talentos de acordo com o perfil da empresa. Explore seus resultados na escola/faculdade, participações em congressos, seminários, cursos de aperfeiçoamento, trabalhos voluntários, intercâmbio, trabalhos desenvolvidos como TCC e Monografias”, explica.

 

Previous Lojas colaborativas fomentam economia criativa no estado
Next Candidato a presidente, Arnaldo Machado defende ‘OAB sem partido’