Corpo da transexual Laísa Fortuna é sepultado em Aracaju


Ela recebeu um golpe de faca na noite da quinta-feira (18) e não resistiu aos ferimentos

Foi sepultado na tarde deste sábado (20) no Cemitério São João Batista, em Aracaju, o corpo da transexual Laysa Fortuna, de 25 anos, que morreu ontem no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). O velório foi realizado na casa da família localizada no Bairro Porto Dantas, na capital.

A transexual  foi agredida e atingida com uma facada no tórax na noite da última quinta-feita (18), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia seguinte. O crime aconteceu no Centro de Aracaju, por volta das 22h.

O suspeito de matar Laísa Fortuna, foi preso na manhã deste sábado (20) no Centro de Aracaju por equipes da Polícia Militar.

Alex da Silva Cardozo, 33, era procurado pela polícia por ter esfaqueado a transexual. No entendimento da delegada responsável pelo caso, Meire Mansuet, do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), Alex assumiu o risco de matar Laísa ao esfaqueá-la.

Ele foi conduzido para a carceragem da 4a Delegacia Metropolitana, onde permanece à disposição dos investigadores e da Justiça.

 

Previous Musical 'O Corcunda de Notre Dame' entra em cartaz no Museu da Gente Sergipana
Next Um cafezinho… mas de um novo jeito