Banco Central mantém Selic em 6,5% ao ano


(Foto: Divulgação/Agência Brasil)

Após a primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) depois das eleições gerais, o Banco Central anunciou que a taxa Selic será mantida em 6,5% ao ano. Esta é a quinta vez seguida que o BC não altera a taxa de juros básicos do país. Decisão que já era esperada pelos analistas financeiros.

Em comunicado, o Copom, que é composto pelo presidente e pelos diretores do Banco Central, informou que existe chance de a inflação voltar a subir caso haja “frustração de expectativas sobre a continuidade das reformas e dos ajustes necessários na economia brasileira”. Ainda segundo o texto, esse risco pode piorar caso haja turbulências internacionais que afetem economias emergentes. Segundo a nota, no entanto, “o grau de assimetria do balanço de riscos” diminuiu em relação à última reunião, em setembro.

Com a decisão de hoje, a Selic continua no menor nível desde o início da série histórica do Banco Central, em 1986. A taxa básica de juros é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Além de ser o principal instrumento do Banco Central para manter sob controle a inflação oficial.

Previous PRF inicia ''Operação Finados 2018''
Next Foragido da Justiça morre em confronto com a Polícia em Itabi