Recursos próprios melhoram Areia Branca


Iluminação em led com recursos próprios: mais segurança e beleza garantidas. Foto: Mega Drones

Cidade deve servir de exemplo a demais municípios sergipanos por realizar obras mesmo com pequeno orçamento

Um dos entraves para o desenvolvimento das cidades é a falta de obras, pois elas geram emprego em sua execução, aquecem a economia local e, ao final, garantem melhorias na vida da população. Mas a maioria dos gestores municipais prefere ficar no “chororô” da falta de recursos. Em Areia Branca essa situação tem sido modificada nos últimos meses. É que o atual prefeito Alan Andrelino (PSC) deixou a cantilena de reclamações de lado e buscou formas de otimizar a sua administração, inclusive através de diversas obras com recursos próprios.

Toda a extensão da entrada da cidade, às margens da BR 235, foi reformada e entregue com recursos próprios. Foto: divulgação

 

“Sabemos que cada cidade tem suas características. Mas é preciso lembrar que Areia Branca vivia um momento muito ruim, mesmo com as condições similares a que temos atualmente”, destaca Alan, numa referência à gestão passada, que havia conseguido vitória na Justiça para que a prefeitura pudesse receber royalties da Petrobrás, mas nada executou.

Assim, três importantes ações da prefeitura estão ajudando a mudar, para melhor, as características da cidade e de alguns povoados. “É a junção da vontade política do gestor com as necessidades reais da população. Nossa filosofia de trabalho se baseia nisso e estamos vendo os primeiros resultados aparecerem”, festeja Alan Andrelino.

ILUMINADA

Para quem circula frequentemente pela BR 235, que corta Areia Branca, uma mudança é bastante vistosa: a iluminação em led na entrada da cidade. Todas as luminárias foram substituídas por essa forma mais moderna de iluminação pública.

Ruas na cidade e nos povoados
Pedrinhas e Guidinha: pavimentadas. Foto: divulgação

“Além de mais segurança à noite, a beleza da nossa cidade foi realçada”, observa o prefeito, reforçando que os recursos para a substituição integral foram todos dos cofres da própria prefeitura. Além de iluminar, a prefeitura reformou toda a extensão da entrada de Areia Branca. “Também com recursos próprios”, enfatiza.

Alan. Dessa forma, além da beleza noturna, por conta da iluminação, a entrada de Areia Branca está mais bonita e atrativa, fazendo com que visitantes, pessoas apenas de passagem e os moradores se agradem com o que veem. Entre a reforma e a instalação dos leds, a prefeitura investiu mais de R$ 630 mil, sempre com recursos próprios, frise-se.

Mas uma outra ação está chamando a atenção, especialmente da população, pela sua grandiosidade. São 60 ruas calçadas ou em obras em todo o município. “Temos calçamento nos povoados Pedrinhas e Guidinha, além de ruas na própria sede do município”, explica o prefeito. Para um município do tamanho de Areia Branca, 60 ruas calçadas é uma verdadeira revolução urbanística, ao custo de mais de R$ 2,8 milhões em recursos próprios. E o “segredo” de tantas ações em andamento? “Organização das contas e despesas da prefeitura para que, assim, possamos tocar obras com recursos próprios”, finaliza Alan Andrelino.

Previous Chupito: a Espanha no Brasil
Next Moda Mix começa no dia 14 de setembro em Itabaianinha