Padre Fábio de Melo escolheu Aracaju para lançar disco


Show será realizado neste sábado (12) na Praça dos Mercados Centrais

O padre Fábio de Melo está de volta a Aracaju e vai se apresentar neste sábado, 12, na véspera do Dia das Mães, a partir das 20h na Praça dos Mercados Centrais. O sacerdote escolheu a capital sergipana para fazer o lançamento do novo álbum ‘O Amor me elegeu’, no Nordeste. O cantor Fábio Lima está preparando um repertório especial para abrir o show.

“O novo show é lindo, é um espetáculo de pura beleza. O clima de alegria e reunião familiar em torno da fé são resgatados nesse show emocionante. O show revisita importantes momentos da música religiosa e popular brasileira e traz ao palco o universo de mensagens de esperança, amor e fé através das obras musicais. Quero contar com a presença de todos os sergipanos”, convida o padre.

O músico sergipano Mestrinho ilustrou seu acordeom em algumas canções do álbum, com a música ‘Filho de Davi’. “Ele é um grande artista e fez esta participação com maestria, a canção ficou linda e emocionante. Ele é um talento sergipano que faz sucesso em todo o mundo como cantor, acordeonista e compositor”, elogia.

Inspiração
O novo disco do padre é mais intimista e conta com músicas novas e regravações. “O CD tem belas canções para viver a misericórdia de Deus. São canções para ajudar os corações que necessitam ouvir pela primeira vez, e também aqueles que estão esquecidos que Deus nos ama, que Deus é amor, um amor que nos elege diariamente”, explica Fábio de Melo.

Segundo padre Fábio, este é um trabalho diferente por ser exclusivo da Canção Nova e por nascer durante o Hosana Brasil, diante de uma multidão que cantava e rezava, agradecendo as maravilhas de Deus em sua vida.

“Quando entrei no altar para celebrar a santa missa do Hosana Brasil, eu me senti muito emocionado, primeiro por ter tido um ano (2017) muito difícil, muito sofrido e por saber que aquele era o momento de agradecimento, de elevar os braços para o céu e agradecer. E quando eu olhei para aquela multidão, foi como se Deus soprasse no meu ouvido: padre Fábio, este é o seu lugar. Naquele instante eu senti o desejo de fazer meu algo a mais pela Canção Nova. No meu coração pulsou uma vontade enorme de fazer um trabalho que pudesse falar do amor de Deus na minha vida, mas que também pudesse me aproximar daquele povo, de ouvir aquele povo, de cantar as dores daquele povo, e foi assim que começou a nascer o CD ‘O amor me elegeu’”, recorda.

Para o sacerdote, este novo trabalho significa um retorno à simplicidade, ao despojamento de si mesmo. “Meu desejo era de me despojar, de estar em casa, entre amigos, e fazer um CD diferente, coordenado por pessoas que são muito próximas a mim e que me ajudaram a viver a fidelidade do que sinto no meu coração”, garante.

‘O amor me elegeu’
O disco ‘O amor me elegeu’ reúne 13 canções, sendo 4 inéditas e 4 autorais. “Queria um repertório simples e ao mesmo tempo bonito, que pudesse tocar o coração das pessoas, que pudesse ser orante. Eu procurei dentro do universo da música católica canções que marcaram a minha vida, canções que facilitam a oração. Busquei algumas letras antigas que ainda estavam inéditas para ajudar a contar essa história. Cada disco eu considero uma história que a gente vive e que a gente conta para aqueles que nos acompanham. Assim foi feita a escolha do repertório”.

Entre as canções estão: ‘Deus cuida de mim’, de Kléber Lucas, ‘Recebe Senhor’, ‘Em teu altar’, ‘Minha Raiz’, de autoria do próprio padre Fábio, ‘Fala Senhor’, ‘Filho de Davi’, ‘Sinal de misericórdia’ e ‘Chagas abertas’.

O padre disse que a primeira música escolhida para compor o novo álbum foi ‘Deus cuida de mim’, de Kléber Lucas. “Esta canção faz parte da minha história e já foi cantada diversas vezes em meu programa de direção espiritual na TV Canção Nova. A música que fala do cuidado de Deus com os seus eleitos. ‘Deus cuida de mim’ foi a trilha sonora que me ajudou a viver a dor da perda do padre Léo e do meu amigo Robson”, recorda.

No álbum, padre Fábio também interpreta a música ‘Chagas abertas’, de autoria de Celina Borges. “Esta canção é uma verdadeira oração ao precioso Sangue de Jesus. Que este CD possa tocar o seu coração e fazer expressar: O Amor me elegeu”.

Previous Rede EaD-SENASP oferece cursos gratuitos para profissionais da segurança pública
Next Vanessa da Mata e Alceu Valença fazem show especial em Aracaju