Tribunal de Contas fará auditoria nas contas do Hospital Cirurgia e PMA


Foto: DICOM TCE

Diante de denúncias apresentadas sobre supostas irregularidades nos contratos e na folha de pagamento do Hospital Cirurgia, o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), informou nesta terça-feira, 17, que vai autorizar a realização de uma auditoria especial na unidade.

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde compareceram ao Fórum Permanente de Combate à Corrupção de Sergipe (Focco/SE). O conselheiro, que é relator dos processos da área de controle dos órgãos municipal e estadual da saúde, participou da reunião e, diante das denúncias apresentadas pelos membros da CPI, decidiu autorizar a auditoria.

Os membros da CPI ressaltaram uma “má vontade” por parte da direção do Hospital Cirurgia, que não permitiu uma visita dos parlamentares às instalações da unidade de saúde na última segunda-feira, 16. A visita tinha por objetivo compreender a triagem no atendimento, levantar os municípios de origem dos pacientes e o valor dos custos.

Estiveram presentes ainda na reunião desta terça-feira, 17, o conselheiro presidente Ulices Andrade; o procurador-geral do MP de Contas, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello; os promotores de Justiça Ana Paula Machado, Maria Helena Lisboa, Bruno Melo e Francisco Lima Júnior; o superintendente da Controladoria Geral da União no Estado de Sergipe (CGU-SE), Frederico Resende de Oliveira, o auditor federal de Finanças e Controle do CGU, José Leonardo Ribeiro; e o secretário de Controle Externo do TCU/SE, Jackson Luiz Araújo; além dos vereadores Isac Silveira, Anderson de Tuca, Cabo Amintas e Jason Neto.

Previous Prefeitura de Boquim realiza audiência pública para discutir LDO e LOA
Next Fecomércio completa 70 anos