Sindipema envia carta para executiva nacional do PC do B


O Sindicato dos Profissionais do Ensino no Município de Aracaju (Sindipema) aprovou em assembleia da categoria na última terça, 10, o envio de uma nota à executiva nacional do PC do B, partido do prefeito Edvaldo Nogueira. Também foi aprovada a paralisação das atividades em sala de aula, no dia 24 de abril.

De acordo com a diretoria do sindicato, Edvaldo não tem cumprido as promessas de campanha e tampouco a carta compromisso firmada junto à categoria, além de não receber os representantes do magistério para dialogar. A categoria não recebeu reajuste em 2017, além do descumprimento de uma série de itens da pauta de reivindicações.

Para Adelmo Meneses Santos, presidente do Sindipema, as negociações estão paralisadas. “Ele se comprometeu em negociar conosco, em março deste ano, o reajuste salarial de 2017 e cujo percentual determinado pelo MEC foi de 7,64%. Só que, até o momento, sequer respondeu nossos ofícios solicitando reunião”.

Adelmo também declarou que a entidade não sentará mais com a secretária Cecília Tavares, “ pois ela não tem poder algum de decisão, o que já ficou claro para nós nos três momentos em que estivemos com a secretária para discutir a pauta”, afirmou.

Na assembleia também foi aprovado um calendário de mobilização junto às escolas e a imprensa local, entre 16 e 23 deste mês, a fim de publicizar as reivindicações da categoria e as condições de trabalho do magistério municipal.

 

Com informações do Sindipema

Previous Venda casada e propaganda enganosa tiram a paciência dos consumidores
Next Encontro da RedeJur começa amanhã