Concursos públicos movimentam a economia do Estado


Há alguns anos, muitas pessoas estão procurando os concursos públicos graças à estabilidade financeira e profissional que a carreira pública oferece. E com uma concorrência cada vez maior, os chamados “concurseiros” estão buscando cada dia mais serviços que os ajudem a passar no concurso que desejam.

A concurseira Yasmin Figueiredo é educadora física por formação, mas focou nos concursos na área de segurança pública durante o ano passado. Ela conta que não se restringiu a Sergipe na hora de escolher onde fazer a prova, mas  optou por contratar serviços especializados para ajudar na sua aprovação.

“Entrei em um cursinho preparatório e estudei muito em casa também, e, apesar dos tombos, vieram resultados positivos do meu esforço. Eu busquei uma academia para me preparar para a prova prática do concurso que passei agora, depois de uma reprovação no teste físico de Pernambuco”, conta.

E essa busca acaba fazendo com que profissionais de educação, educação física e autônomos busquem um diferencial nos seus produtos e serviços. Como é o caso do educador físico Felipe Garcez, que idealizou um programa preparatório para o teste de aptidão física (TAF), responsável pela eliminação de quase 40% dos candidatos.

No programa de treinamento é oferecida uma avaliação física completa, a elaboração de um treino personalizado para cada perfil, além de avaliação nutricional para ajudar no desempenho físico. No entanto, para Felipe, a maioria dos candidatos deixa o treinamento físico em segundo plano na preparação para os concursos.

“Se os candidatos se preparassem para a prova prática tanto quanto para a teoria, não precisaria de medidas como essas. Tem que ser algo sustentável, que vire rotina para os candidatos”, comenta.

APOSTILAS

Logo que os editais para concursos públicos são publicados, vários profissionais autônomos começam a oferecer apostilas com conteúdos voltados para cada um dos cargos anunciados. No centro de Aracaju, por exemplo, é comum ver bancas de revista e até mesmo vendedores de outros produtos comercializando essas apostilas.

Ernande Santos Passos é um desses; vendedores. Ele vende apostilas para concursos há dez anos e vê que muitos compradores estão procurando essas apostilas para se prepararem, buscando a estabilidade que o cargo público oferece. “As pessoas estão buscando a efetivação hoje em dia. Até mesmo pessoas que já têm um diploma de ensino superior têm buscado, vezes por estarem fora do mercado de trabalho, vagas de nível médio”, comenta.

CURSINHOS

Muitos cursos preparatórios abrem turmas específicas para cada concurso ou turmas com matérias isoladas, assim como os cursinhos preparatórios para os vestibulares e que hoje são voltados para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Em uma busca rápida pela internet ou andando pelas ruas da cidade, vemos diversos anúncios deste tipo de serviço.

 

Secretário anuncia intervenção no Instituto de Identificação

Especialista explica sinais do autismo

Previous O ouro de tolo que enforcou Tiradentes
Next Procon multa agência do Banco do Brasil