Liminar suspende reajuste de Sedex e PAC


Segundo os Correios, a decisão vale apenas para
encomendas do Mercado Livre

 

A juíza Rosana Ferri, da Segunda Vara da Justiça Federal de São Paulo, concedeu uma liminar suspendendo o aumento das tarifas de entregas de encomendas por Sedex ou PAC, no entanto a decisão vale apenas para itens comprados pelo site Mercado Livre.

“Os Correios foram notificados e estão trabalhando para obter a suspensão da liminar. Enquanto isso, a empresa está cumprindo a decisão judicial, que se aplica somente às demandas do Mercado Livre”, afirmou a estatal por meio de nota.

Pelo Twitter, o Mercado Livre comemorou a decisão da juíza e defendeu que a decisão se torne definitiva.

A decisão da juíza também suspende a cobrança de R$ 3 para entregas no Rio de Janeiro definida pelos Correios devido à violência que põe em risco a logística de entrega de encomendas na capital carioca.

Reajuste nas tarifas

A partir desta terça-feira (6) o frete das encomendas terá um aumento médio de 8% para os objetos postados entre capitais e nos âmbitos local e estadual.

Segundo os Correios, a definição dos preços é baseada no aumento dos custos relacionados à prestação dos serviços, que considera gastos com transporte, pagamento de pessoal, aluguéis de imóveis, combustível, contratação de recursos para segurança, entre outros.

 

Caminhão itinerante da Serasa faz atendimentos gratuitos em Aracaju

“Que bobagem, as rosas não falam”

Previous Caminhão itinerante da Serasa faz atendimentos gratuitos em Aracaju
Next Comissão de aprovados no concurso do TJ cobra convocações há quase um ano