Como nossos Deputados Federais votarão na Reforma da Previdência


O CINFORM ouviu mais quatro deputados sergipanos sobre o assunto

 

Seguindo a série de entrevistas com os deputados federais sergipanos sobre a votação da Reforma da Previdência, o CINFORM ouviu os outros quatro deputados que formam a bancada sergipana na Câmara dos Deputados.

Fábio Reis (MDB): Apesar do seu partido já ter fechado questão a favor da reforma, o deputado preferiu não manifestar a sua opinião. Segundo ele, “não há votos e nem tempo” para a votação.

Laércio Oliveira (Solidariedade): “Do jeito que ela está, eu votarei ‘não’. Mas irei analisar o novo texto e, a depender das mudanças que o governo propôs, eu farei uma nova avaliação do projeto para então definir o meu voto de forma definitiva”.

Adelson Barreto (PR): “Eu falei no ano passado que iria votar contra a reforma e nada me faz voltar atrás”.

João Daniel (PT): “Nós vamos votar contra a reforma da previdência porque o governo que está aí não tem legitimidade nenhuma. Além disso, a reforma da previdência faz parte do golpe!”.

Na semana passada, Valadares Filho (PSB), Fábio Mitidieri (PSD) e Jony Marcos (PRB) afirmaram ao CINFORM que irão votar contra a reforma da previdência. Já o deputado e líder do governo no Congresso André Moura (PSC) reiterou a sua posição favorável a reforma.

A Reforma da Previdência pode ser votada depois do carnaval, já no dia 20 de fevereiro. No entanto, o governo precisa de 308 votos para que ela seja aprovada.

Previous Uma jóia inspirada no BigMac - e pode ser sua.
Next Ouvidoria da GMA funciona em prédio sem acessibilidade