Oposição em Tobias Barreto exige transparência de Diógenes Almeida


Ex-prefeito Antônio Nery Júnior. Oposição à Diógenes cobra acesso à Informação

Um documento público assinado pelo ex-prefeito, Antônio Nery do Nascimento Júnior, com base no art. 1, da Lei 12.527 – Lei de acesso à Informação – protocolado na Prefeitura de Tobias Barreto, cobra providências do prefeito Diógenes Almeida e exige que ele responda a questionamentos sobre o estado de inércia da atual administração e respeite o princípio da transparência.

As compensações previdenciárias tão criticadas por Diógenes Barreto e denunciadas por ele na Polícia Federal e Ministério Público Federal foram alvo de preocupação do grupo que faz oposição a seu mandato. O ex-prefeito Antônio Nery Jr suspeita que Diógenes pediu que o gestor de Tobias Barreto apresentasse as Guias de Previdência Social e as Guias de Recolhimento do FGTS e de informações à Previdência Social, referentes ao ano de 2017.

Os oposicionistas do atual prefeito de Tobias desconfiam que ele esteja fazendo as mesmas compensações previdenciárias que tanto criticou, inclusive com foguetório e estardalhaço, como é tipo do mesmo, denunciou o ex-prefeito Dílson de Agripino. Já Antônio Nery Júnior, com a cautela e o cuidado para não falar sem base, fez um pedido formalmente dirigido a Diógenes Almeida requerendo as GPS’s e as GFIP’s do primeiro ano para checar a suspeita.

Segundo a pauta de reivindicações da oposição, Diógenes deve retomar os projetos de construção de creches, parques, unidades de saúde da família dos povoados. Nery Júnior acusa a atual gestão tem se notabilizado por reclamar da crise e não trabalhar. “É hora de buscar soluções criativas, convidar a sociedade a participar da gestão, e principalmente primar pela transparência total na administração pública”.

 

 

 

Previous Lula: ex-presidente no banco dos réus
Next Sindijor promove curso preparatório para o concurso da Alese