O termômetro ‘bah’


Costela no Bafo, do Biroska (Adriano Ferreira)

Trocando o ‘eita, cabrunco’ pelo ‘bah’ em terapia de regressão gastronômica

Se você tem aquele amigo gaúcho que vive dizendo que ‘txôráscô bom só no Reo Gran-Dê’, faça um esforcinho de 80 quilômetros e leve ele até a cidade de Lagarto. Cês vão passar a sede do município sem ver uma churrascaria no caminho e vão entrar na estrada do povoado Santo Antonio até encontrar o Biroska uns 3 quilômetros à frente. Não imagine que vai pegar uma estrada de rally, até o lugar se tem calçamento de paralelepípedo.

Com estacionamento amplo de um lado, um playground na frente, o Biroska lembra um saloon de faroeste dada as suas características arquitetônicas, só que feita para cowboys vips.

O Jean nos deu as boas vindas, nos trouxe o cardápio enquanto os olhos fichavam a grandeza do lugar.  Mas a gente veio foi comer.

Enquanto avaliávamos o cardápio que ia de paella à parrillada, pedimos uma dobradinha e um queijo na chapa com melaço. Foi quando Jean entrou com um ‘famosa aqui é a costela no bafo’… fazendo o Gaúcho tomar o cardápio de minha mão e jogar feito um bumerangue em direção a uma plantação de macaxeira do terreno à frente: “a gente vai nessa costela, tchê!”

Jean monta uma chapa do lado da mesa, prepara pratos e talheres e traz a costela que dispensa o uso da faca. Ela acompanha arroz, farofa de ovo, vinagrete e um feijão tropeiro que você come sozinho.

A costela fez o Gaúcho, que já falava oxente e cabrunco, voltar a falar ‘bah’. E duas vezes em menos de 15 minutos. Aprovado!

SERVIÇO
Onde: Povoado Santo Antonio, Lagarto-SE
Quanto: Dobradinha, R$ 10,90; Queijo na chapa, R$ 16,90; Costela no bafo, R$ 54,90/2 pessoas
Coisa boa: tem pizza à noite
Outra coisa boa: também tem dia que tem música ao vivo
Coisa ruim: uma cachaça colorida que tem lá.
Outra coisa absurda: não tem maniçoba
Funcionamento: abre todo dia. Fecha às segundas à noite.
Estacionamento: próprio

 

Previous Número de negros no Brasil no ensino superior é inferior
Next Mais de 10 mil processos julgados na 5ª. Vara Federal de Sergipe em 2017