Choco-apocalipse


Cacau: alterações climáticas agora ameaçam a produção de chocolate

Agora a p%#*a ficou séria

Cientistas sempre publicam estudos que e alertas importantes. Clima, extinções de espécies, ano passado um documento foi publicado alertando sobre a ameaça que as mudanças climáticas tinham sobre as terras produtoras de café, e como a gripe aviária colocava em risco o abastecimento de foie gras na Europa.

Sente aí. Agora uma equipe de cientistas da Universidade da Califórnia, Berkeley está soando o alarme sobre o chocolate.

Como o café, o cacau cresce bem apenas em certos climas. Para a planta que está em florestas tropicais ao redor do equador e principalmente de dois países africanos: Cote d’Ivoire e Gana, o aumento das temperaturas ao redor do globo pode dificultar o crescimento dessas plantas, e os agricultores não têm a opção de se dirigirem para elevações mais altas, porque grande parte dessa terra é protegida por preservativos de vida selvagem.

Sendo assim, o chocolate poderia se tornar extinto até 2050 se a ação não for tomada.

No Innovative Genomics Institute da universidade – uma joint venture com UC San Francisco, a geneticista Jennifer Doudna criou uma tecnologia para editar o DNA chamado CRISPR. E no laboratório de genômica de plantas da IGI, uma equipe liderada por Myeong-Je Cho está trabalhando na alteração do DNA das plantas de cacau para permitir que elas cresçam em climas mais quentes.

Previous Batifun e Sunvibe vão comandar o Clube do Samba neste sábado em Aracaju
Next Alese: Sai edital com 96 vagas para níveis médio e superior