Recém-nascida que nasceu com coração fora do peito está se recuperando


Foto: divulgação

O caso aconteceu no Reino Unido

A recém-nascida, Vanellope Hope Wilkins, nasceu com uma condição rara, conhecida como ectopia cordis. A menina, de apenas três semanas, foi submetida a três cirurgias, conseguindo se recuperar muito bem e surpreendendo os médicos. O bebê nasceu com o coração fora do peito. Hoje ela respira com a ajuda de aparelhos, e os próximos passos incluem que ela não dependa mais das ferramentas e que não tenha nenhuma infecção por conta das cirurgias.

Os pais de Vanellope descobriram a condição da filha no início da gravidez, nas nove semanas, através de uma análise de ultrassonografia, em que foi detectado que o coração da criança e parte do estômago começaram a crescer fora de seu corpo. O casal foi aconselhado a interromper a gestação, porém decidiu prosseguir com a gravidez, já que um teste mostrou que não havia nenhuma anormalidade nos cromossomos da criança.

Outro exame foi realizado na 16º semana da gravidez, em que foi descoberto que o intestino de Vanellope voltou para a posição correta, seu coração ainda estava fora do lugar. Isso fez com que os médicos já se preparassem para um parto delicado.

Vanellope nasceu antecipadamente, no dia 22 de novembro, através de uma cesariana, a fim de diminuir as chances de infecção e outros problemas ao coração do bebê. A sua mãe deu à luz com a ajuda de cerca de 50 profissionais, incluindo obstetras, cirurgiões cardíacos, anestesistas, enfermeiros neonatais, entre outros. A criança passou pela sua primeira cirurgia para colocar o coração de volta em seu peito 50 minutos após o parto. No último procedimento, a própria pele da menina foi utilizada para cobrir a abertura que havia no tórax.

Ectopia cordis

A ectopia cordis faz com que a pessoa não tenha o esterno, isto é, um osso que compõe a caixa torácica, em que fica o coração e o pulmão. A doença é tão incomum que há apenas alguns poucos casos registrados a cada 1 milhão de nascimentos, sendo a maior parte deles natimortos, ou seja, termo atribuído ao feto quando morre dentro do útero materno ou durante o trabalho de parto.

 

Leia mais:

Ex-vereador Agamenon Sobral e seus três irmãos
“fantasmas” são réus por peculato

Jovem morre após uso de droga sintética
em festa rave no Mosqueiro

Previous Delegado revela que policial militar assassinou um flanelinha
Next Homem é preso após matar a própria mãe no Santos Dumont