Mutirão do Limpa Nome começa nesta segunda-feira


Quem está com o nome negativado e quer voltar a ter crédito no comércio não deve perder uma boa oportunidade. É que começa nesta segunda-feira, 4, o Mutirão do Limpa Nome. A iniciativa é do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), em parceria com o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Universidade Tiradentes (Unit), com a participação do Banese, Banesecard, Energisa e Deso.

O Mutirão acontecerá no NPJ da Unit, localizado à rua Lagarto, 264, Centro de Aracaju, das 8 às 15 horas, até a quinta-feira, 7 de dezembro. As quatro empresas participantes estarão no local com suas equipes de negociadores disponíveis para atendimento dos consumidores que tenham interesse em liquidar ou renegociar suas dívidas. As condições diferenciadas de negociação foram pactuadas, anteriormente, entre as empresas e o Nupemec por meio de termo de cooperação.

Servidores Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do TJSE farão o acompanhamento de todas as atividades. A Supervisão de Cidadania do Cejusc organizará a distribuição de material informativo com dicas de economia financeira e haverá apresentações teatrais que evidenciarão a temática.

Também participará do Mutirão do Limpa Nome a Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL), que montará uma estrutura para receber os cidadãos que queiram consultar, de forma gratuita, a situação de seus nomes junto aos órgãos de proteção ao crédito. A CDL ainda oferecerá o serviço de cadastro positivo para os interessados.

Parceira do evento, a Unit disponibilizará equipe de apoio composta por servidores capacitados em conciliação e alunos bolsistas, além de graduandos do curso de Direito, devidamente supervisionados por professores, para eventual necessidade de consultoria jurídica. A Unit também montará uma sala para suportes médicos emergenciais que se fizerem necessários, com alunos do curso de Enfermagem devidamente supervisionados e ambulância.

A iniciativa do Nupemec atende a uma finalidade precípua, que é o desenvolvimento da política judiciária de tratamento adequado de conflitos de interesses, bem como ao objetivo de planejar, implementar, manter e aperfeiçoar as ações voltadas ao cumprimento de suas metas. O Nupemec prevê que o Feirão contribuirá para o alcance das metas estabelecidas Planejamento Estratégico do TJSE, através do macrodesafio de ‘Adoção de Solução Alternativa de Conflitos’.

Previous AIDS já matou mais de 35 milhões de pessoas
Next Lula lidera com 34%, aponta pesquisa Datafolha. Bolsonaro é o segundo (17%)