Mori já pode pedir música no Fantástico


Três anos de Melhores do Ano, e três anos de Mori no 1o lugar. O primeiro restaurante japonês de Sergipe viu, nestes anos, mudarem segundos e terceiros lugares lá de cima, do lugar mais alto. Com a chegada dos herdeiros de Fernando Enomoto, o Sushi Mori virou Mori, e abriu-se para uma cozinha multidisciplinar e viu o nível da sua principal cozinhar elevar-se com o apoio do chef consultor Marcelo Fujita. Na cola do Mori vem o New Hakatta em 2o, o Deppan em 3o.

Dos 13711 que responderam a questão, 2400 afirmaram não gostar de comida japonesa.

Confira no gráfico os 10 mais citados.

 

Previous Consumidor está com medo de fazer compras no Centro
Next Juiz da 2ª. Vara Criminal aceita mais uma denúncia oferecida pelo MP contra João e Ana Alves