Capitão da PM é assassinado com tiro na cabeça


Um capitão da Polícia Militar da reformado foi assassinado a tiros no município de Areia Branca (SE). Segundo informações da Polícia Militar (PM), Adilson Bispo Nunes estava na porta de casa lavando o carro dele quando dois criminosos se aproximaram numa camioneta “Frontier”, fabricado pela Nissan e mandaram ele entregar a arma. Após entregar a arma que estava dentro do veículo, os criminosos atiraram na cabeça do militar e fugiram do local levando apenas a arma e a carteira com os documentos da vítima.

Local do assassinato do capitão

De acordo com o relações públicas da PM, tenente-coronel Paulo Paiva, o capitão de 51 anos havia sido transferido para a reserva remunerada há três meses, depois de servir a sociedade sergipana por quase 30 anos.

“A corporação enlutada lamenta profundamente a perda brutal do nosso companheiro, solidariza-se com seus familiares e amigos e está mobilizada no sentido de identificar e prender esses facínoras”, afirmou Paiva.

A PM destacou a importância da contribuição da sociedade através da denúncia anônima do paradeiro de criminosos pelo do telefone 181.

 

Previous Polícia cumpre mandado em Itabaiana e prende autor de roubo
Next Sukita vai entrar com ação na justiça contra senador Valadares