Curso Arena afasta professor Rafael Santana e aguarda apuração dos fatos


O curso Arena decidiu seguir o exemplo do colégio Amadeus e afastou o professor Rafael Santana da instituição de ensino, no entanto, irá aguardar a apuração dos fatos. Rafael que foi acusado de assédio sexual por 12 alunas do 2º. ano do ensino médio do Amadeus é um dos sócios do Arena. O afastamento dele é em caráter administrativo e pedagógico, explica a direção, e não há o desligamento do professor da sociedade, a qual faz parte. Em lugar de Rafael quem assume a diretoria é o professor Paulo Teles, que assegurou o compromisso do Arena em manter como prioridade os alunos da instituição.

Um outro ponto que está sendo apurado no curso Arena é que a professora de biologia Milena Maurício Maia, que essa semana se formou pela Universidade Federal de Sergipe em Medicina, deixou o estabelecimento de ensino após saber que sua filha foi assediada por Rafael. Ele teria dito a filha da professora, que, caso fosse denunciado sobre assédio demitiria Milena do curso Arena.

Professor Rafael Santana mantém-se em silêncio

De acordo com a apuração feita pela reportagem do CINFORM, a profesora Milena, hoje formada em Medicina, teria revelado essa conversa à Polícia. A filha da professora quando ligou para a redação do jornal confirmou essa versão de ameaça feita por Rafael. “Se falar do assédio sua mãe perde o emprego”. Indignada com a situação, a professora teria pedido sua demissão, deixando o curso Arena, em defesa da dignidade dela e da sua filha.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A história do Curso Arena foi construída sobre bases e diretrizes muito claras, cujas características sempre se voltaram para oferecer todo suporte necessário ao aluno, para tornar possível a realização de seus sonhos e objetivos de vida. Nosso foco sempre foi, portanto, a qualidade na transmissão do conhecimento. Temos orgulho de fazer parte de inúmeras histórias vencedoras e, sobretudo, felizes.

No entanto, um episódio (externo ao curso) que foi noticiado envolvendo um professor e sócio da instituição, levou a uma reunião de emergência e a uma decisão guiada pelo bom senso: o afastamento (administrativo e pedagógico) imediato do professor Rafael Santana para a devida apuração dos fatos. Desde então, o professor Paulo Teles vem conduzindo toda a parte administrativo-pedagógica do Curso Arena, mantendo, assim, o compromisso e a prioridade que sempre foram dados aos alunos. É preciso agradecer também aos nossos colaboradores que, com profissionalismo e determinação, vêm cumprindo a agenda até que se encerre o ano letivo.

Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

Ser professor é deter o mais nobre de todos os ofícios. Uma profissão linda, honrosa e que traz consigo uma parcela enorme de responsabilidade no âmbito da formação do profissional e, principalmente, do ser humano. Não podemos nunca deixar que esse pilar da profissão docente seja destituído.

Atenciosamente.

Curso Arena
A direção

 

Previous 2ª etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa é iniciada em Sergipe
Next Zezé di Camargo e Luciano falam de amor no Prodigy Aracaju