Programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia segue até sexta-feira


‘A Matemática está em tudo’ é o tema deste ano

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) destaca, este ano, o tema ‘A Matemática está em tudo’. O evento tem como propósito aproximar a Ciência e Tecnologia da população, promovendo eventos que envolvem centenas de instituições em todo o país, através de uma linguagem acessível à população.

Em Sergipe, a SNCT é coordenada pelo professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Marcus Eugênio, e cada instituição envolvida possui sua própria programação. O Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), está participando das seguintes ações: do ‘Cientista na Escola’ e do ‘Portas Abertas’ (de segunda a sexta-feira, 23 a 27, das 8h às 11h30); da VI Feira Científica, da Universidade Tiradentes, durante a 19ª Semana de Pesquisa (Sempesq/Unit), (na quarta, 25, das 10h às 20h); da Semana de Informática, realizada pela Faculdade Maurício de Nassau (na quarta, 25, das 18h30 às 20h); e da Feira de Ciência de Sergipe, promovida pela UFS (na sexta, 27, das 08h às 17h).

Ao longo desta semana, a UFS, o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), a Embrapa Tabuleiros Costeiros, e o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) também realizam várias ações paralelas, tanto na capital, como no interior do Estado.

Programação

– Cientista na Escola: professores e profissionais das instituições envolvidas visitarão escolas públicas em todo o Estado, para a realização de palestras. O objetivo é permitir o contato entre aluno e o pesquisador;

– Portas Abertas: as instituições participantes da SNCT abrem as portas para receber alunos da Educação Básica, com o propósito destes conhecerem sobre a produção de suas ações científicas;

– Feira Científica, da Universidade Tiradentes: acontecerá nesta quarta-feira, 25, das 10h às 20h, na Unit.

– Feira de Ciência de Sergipe, da UFS: acontecerá na sexta-feira, 27, no Centro de Vivência, das 08h às 17h. Segundo a coordenadora da Cienart, Zélia Macedo, ao todo são 241 trabalhos de divulgação institucional, popularização da ciência, apresentações de bolsistas do Programa de Iniciação Científica Júnior (PibicJr) e da Educação Básica (Cienart).

*O objetivo das Feiras é aproximar a população de temas relacionados à ciência, de forma lúdica, com apresentações artísticas e experimentos científicos.

Especialistas avaliam os serviços ofertados pelos planos de saúde

Seplag realiza licitação para compra de remédios

Previous Harmonia do Samba volta com o projeto 'das antigas' para Aracaju
Next Veja as manchetes do Cinform Digital com a repórter Thayná Ferreira