“Prefeita ostentação” permanece em prisão domiciliar e sem tornozeleira eletrônica


A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, que ficou conhecida como “prefeita ostentação”, foi presa na casa dela em São Luís, no Maranhão. A decisão do juiz Raphael Leite Guedes foi de prisão domiciliar sem o uso de tornozeleira eletrônica. A investigação, segundo o promotor, corre em segredo de justiça.

O promotor Fábio dos Santos Oliveira, da Comarca de Bom Jardim, explicou que a prisão atende a um pedido do Ministério Público.

Lidiane foi levada pela Polícia Civil para a sede da Superintendência de Combate à Corrupção, em São Luís, acompanhada por três advogados.

Lidiane ficou conhecida como “prefeita ostentação” por levar uma vida de luxo e exibir nas redes sociais. Ela foi condenada em março deste ano por improbidade administrativa. Em setembro, R$ 12 milhões foram bloqueados da conta da ex-prefeita por determinação judicial. Em 2015, Lidiane já havia sido presa sob a acusação de práticas irregulares em contratos com empresas fantasmas.

Marina Silva condena a velha política e convoca
o povo para mudanças. Veja vídeo da entrevista

Veja vídeo de policial que cobrava dívida
de R$ 10 mil na casa de João Soares Santos

Previous Aluna do Recriarte ganha prêmio na X Olimpíada Ambiental de Sergipe 
Next Traficante é preso com armas e drogas em Nossa Senhora do Socorro