Georgeo Passos critica saída dos delegados que combatiam crimes contra a administração pública


Georgeo contrário ao abuso

A decisão do Governo de exonerar  os delegados do Departamento Especializado de combate ao crime contra a administração pública e ordem tributária, DEOTAP, Danielle Garcia e Gabriel Nogueira foi criticada pelo deputado estadual, Georgeo Passos (PTC), que usou a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar do comando da Secretaria de Segurança Pública o compromisso de combate à corrupção.

Para o deputado, as exonerações preocupam a sociedade porque os delegados estavam à frente de um trabalho série, combatendo crimes contra a administração pública e realizando operações policiais contra organizações criminosas que lesavam dinheiro público.

– Esperamos que os novos delegados que substituírem Danielle e Gabriel deem prosseguimento às investigações e continuem o trabalho eficiente que a Polícia Civil vem desempenhando com transparência. Geogeo Passos lembrou que Danielle e Gabriel são dois delegados que compõem o quadro da Segurança Pública e que se destacaram em ações policiais contra administradores e empresários.

Entre as operações policiais estão: Indenizar-se (contra 15 vereadores), Torre de Babel (Emsurb e Torre), Subvenções da Alese (investigando deputados estaduais) e desvio de recursos públicos em secretarias.

Já o deputado Gilmar Carvalho vai propor que os delegados Danielle Garcia e Gabriel Nogueira sejam homenageados com o mérito parlamentar, pelos serviços prestados em favor da sociedade sergipana. “São servidores que se dedicaram, em suas carreiras, à causa de combate à corrupção, e em defesa do patrimônio pública”.

 

Previous Bolívia acerta a trave e quase marca. Alysson contou com a sorte
Next Bolívia 0 x 0 Brasil. Seleção de Tite arranca empate na altitude de La Paz