Delegados Gabriel Nogueira e Danielle Garcia exonerados por cumprir o dever legal


A queda da delegada Danielle Garcia do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap), por decisão do secretário da Segurança Pública, João Eloy, repercutiu negativamente entre os colegas delegados, no seio do Ministério Público Estadual, no âmbito do Ministério Federal e  também  no Poder Judiciário e na Ordem dos Advogados do Brasil.

Também foi afastado da Deotap o delegado Gabriel Nogueira, que, junto com Danielle, realizava um trabalho eficiente no combate à corrupção no Estado.

Segundo uma fonte bem acreditada da Polícia Civil, a delegada Daniela Garcia teria sido convocada a comparecer à Secretaria de Segurança, onde foi comunicada pela chefe dos delegados, Katarina Feitosa, de que estava sendo afastada da Deotap, cargo que vinha ocupando com “muita competência”.

 

 

 

 

Previous Aposentadoria dupla de Belivaldo Chagas. Ele Explica, mas não justifica
Next Fim da estabilidade. Aprovado projeto que demite servidor público efetivo