Construtora fornece serviço de aluguel em seus empreendimentos


O contrato com a construtora é de até dois anos

A construtora Celi está alugando algumas unidades de apartamentos em três dos seus empreendimentos como uma oportunidade para quem quer morar em um imóvel novo, mas não quer ou não pode comprar. O contrato com a construtora pode ser realizado de um a dois anos e após o fim do aluguel é viabilizado uma condição diferenciada de compra para aqueles que desejarem continuar no imóvel.

A campanha “Alugue um Celi” surgiu do momento do mercado no qual tem crescido o número de pessoas que querem alugar e não comprar um imóvel, como explica a gerente imobiliária da Celi, Livia Filgueiras. “Após estudos de comportamento de consumidor e de compra na área imobiliária percebemos que existe um número crescente de pessoas que optam pelo aluguel. São famílias que tentam viabilizar a compra, mas por algum motivo não conseguem.

Hoje, os empreendimentos estão prontos para morar, então, não há prazo para o parcelamento como ocorre no período da construção. Logo, a campanha vem para atender esse momento das pessoas que estão pensando em aluguel e não na compra”, comentou.

Segundo Livia, mais de 60% dos apartamentos disponíveis já estão em fase de negociação e processo de avaliação documental. A gerente comenta que o aluguel direto com a construtora é atrativo, pois há um benefício proposto ao final do contrato.

Imóvel novo e pronto para morar

“Quem quer comprar um imóvel sempre tem o questionamento entre alugar ou adquirir. Qual das opções vale mais a pena? Uma das grandes vantagens do aluguel com a construtora é que você não está jogando o dinheiro fora já que o dinheiro do aluguel não tem como voltar. E na condição da campanha o dinheiro que a pessoa está pagando de aluguel, caso resolva comprar vai voltar em forma de condição diferenciada no valor da compra do apartamento”, comentou.

Além da vantagem de ser o primeiro morador do apartamento, a Celi ainda oferece assistência técnica garantida ao momento da entrega das chaves do apartamento. “É a forma da pessoa experimentar morar em um Celi. É um imóvel que ninguém morou, o apartamento está completamente novo. Como é o primeiro uso pode acontecer de ter alguma necessidade especifica e a Celi vai dar todo o suporte”, destacou a gerente imobiliária.

As regras do contrato são semelhantes às que pessoas físicas e jurídicas que trabalham com aluguel usam. Neste caso não há possibilidade de reformar o apartamento, porém podem ser realizadas adaptações para atender alguma necessidade do morador mediante a aprovação da construtora e a responsabilidade do inquilino entregar o imóvel ao final do aluguel no mesmo estado de conservação em que recebeu, no período da entrega das chaves.

Previous Vereadores apoiam Eunice Dantas e aguardam ação judicial contra Edvaldo
Next Promotora de Defesa do Consumidor pede indenização de R$ 1 milhão em ação contra o Makro