Nova base curricular para o ensino médio está em fase de análise


Técnicos do MEC analisam nova base curricular/ Arquivo Cinform - Ana Licia Menezes

Metodologia, aprovada em fevereiro, será entregue
ao Conselho Nacional de Educação em novembro

O Ministério da Educação – MEC-  está elaborando as mudanças prometidas para a chamada Base Nacional Comum Curricular -BNCC-  do ensino médio. O processo de definição ainda continua em análise, mas de acordo com o órgão que regula as ações de educação no Brasil, o novo currículo será dividido por áreas, e não disciplinas.

Em meio a polêmicas, a reforma da metodologia para o ensino médio foi aprovada em fevereiro e mesmo assim, sete meses depois, continua causando divergências entre educadores brasileiros.

COMO VAI FICAR?

Segundo o texto apresentado, os alunos que estão inseridos dentro do contexto da base curricular antiga, terão que optar por três diferentes vertentes de formação. Pelos critérios estabelecidos pelo MEC, serão cinco áreas: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas, e educação técnica e profissional, sendo que o conteúdo será definido por cada Estado e Distrito Federal.

Embora ainda não tenha uma data pré-definida para entrar em vigor, a nova base curricular será enviada ao Conselho Nacional da Educação – CNE- em novembro.

Previous Ailton Silva comemora 3ª. vitória seguida do Confiança
Next Rodrigo 9 de Espadas. Um bandido perigoso num Condomínio de Luxo