Vereador repercute denúncia do CINFORM sobre o edital de iluminação pública da EMURB


Vereador Elber Batalha aproveitou matérias do CINFORM para cobrar transparência e seriedade da prefeitura

Elber Batalha quer cópia da licitação para barrar
processo que pode superfaturar aquisição de luminárias

A sessão ordinária desta terça-feira, 15, na Câmara de Vereadores de Aracaju foi movimentada por conta de fala do vereador Elber Batalha Filho, PSB, que aproveitou reportagens de duas edições seguidas do CINFORM para questionar ações da prefeitura da capital.

“O Sepuma (Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Aracaju) utilizou o espaço da Tribuna Livre para mostrar o descaso do prefeito com os servidores de Aracaju, pois já estamos no mês de agosto e a revisão anual dos servidores ainda não foi feita”, relata Elber, destacando que o prefeito Edvaldo Nogueira, PCdoB, nem sequer discutiu o assunto ainda. “Além disso, a matéria do CINFORM demonstra que a economia feita pela prefeitura foi em cima do servidor público, que deixou de receber até as horas extras trabalhadas, assim como a reformulação da lei de cargos e salários, que é lei, tem sido descumprida”.

Elber também destaca outros pontos constantes na reportagem. “A matéria também fala no sucateamento de espaços da prefeitura, o recapemanto não funcionando mais, a saúde daquela forma periclitante e que, conforme denúncias do ex-secretário André Soreto, não é por falta de dinheiro, mas por ingerência política do DAF”, detalha o vereador.

Mas Elber Batalha segue adiante. “Vou apresentar um requerimento solicitando a cópia do edital na questão da iluminação pública, para que a gente possa verificar de forma mais detida as irregularidades que a matéria denuncia”, finaliza Elber.

Leia mais

Prefeitura “comemora” economia
às custas de arrocho e desestrutura

Advogados concluem: só tsunami justificaria aquisição
de caras luminárias em licitação da Emurb

Previous Desembargador Roberto Porto determina suspensão de CPI do lixo
Next Autores de arrastão em escola são mortos em Estância