Justiça decreta prisão de Roberto Carlos por atraso na pensão dos filhos


Ex-jogador da Seleção será preso

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou a prisão por três meses do ex-jogador Roberto Carlos por atraso na pensão alimentícia de dois filhos, um menino e uma menina. Segundo a ação, o pentacampeão mundial deve R$ 61 mil.

O processo foi movido pela mãe das crianças, Barbara Thuler. À Justiça, Roberto Carlos alegou em sua defesa, dificuldades financeiras para arcar com a pensão. O Tribunal rejeitou o pedido de parcelamento de dívida.

A prisão deve ser cumprida em regime fechado até que Roberto Carlos efetue o pagamento do débito. Aos 43 anos, Roberto atualmente mora no exterior e atua como embaixador do Real Madrid na Ásia e Oceania. Ele tem nove filhos.

Na decisão, a magistrada asseverou: “os próprios termos da proposta de parcelamento apresentada indicam a possibilidade financeira do devedor, já que ofereceu pagar à vista a quantia de R$35.000,00  condicionando o pagamento, no entanto, à aceitação da proposta pela representante legal de seus filhos.

A assessoria do ex-jogador limitou-se a dizer que Roberto Carlos não comentará assuntos ligados à sua vida particular.

Leia mais sobre esporte

Flamengo decide vaga da final com o Botafogo no Maracanã

 Grêmio tem a vantagem do empate contra o Cruzeiro

Previous Editora lança livros que abordam cultura escolar de décadas passadas
Next Cheia de atrativos, Argentina é destino para estudar Medicina