Estelionatário preso com 200 cartões de crédito fazia agiotagem em Umbaúba


Um estelionatário conhecido na região centro-sul de Sergipe pelo apelido de “Papi” foi preso por policiais civis lotados no município de Umbaúba. Trata-se de Flávio Alves dos Santos, 30 anos, suspeito pela prática do crime de agiotagem cometido contra diversas pessoas que tinham seus cartões retidos.

O  delegado Paulo Ricarte, responsável pelo caso disse que as investigações iniciaram após denúncias realizadas ao Ministério Público (MP) que instaurou inquérito para apuração dos fatos. De forma rápida e em posse do mandado de busca e apreensão, os agentes de segurança cumpriram o mandado na residência do suspeito, sendo encontrado 200 cartões de vítimas, dentre eles cartões do programa Bolsa família, beneficio de prestação continuada no INSS, cartões de acesso a de diversos bancos, cheques pré-datados, além de recibos de transfência de veiculos.

Ainda de acordo com o delegado, a quantidade de cartões apreendidos superou todas as expectativas. “Os agentes f encontraram mais de 200 cartões na prática desse crime. Em posse do mandado de prisão expedido pelo Juízo da Comarca foi dado voz de prisão, e “Papi” foi encaminhado à delegacia em flagrante.

O que chama a atenção é realmente a quantidade de dinheiro que ele movimentava e a quantidade de vitimas da agiotagem com retenção do cartão. O suspeito realizava o empréstimo de dinheiro as vítimas e retinha 10% do valor disponível para saque” afirmou. Preso, Flávio Alves encontra-se `+a disposição da justiça.

Mais notícias

Cavalaria da Polícia Militar prende ladrões que roubavam na Piabeta

Polícia divulga vídeo de tentativa de roubo de veículo no Luzia. Veja o vídeo

Previous Cruzeiro vence nos penaltys e vai decidir com Flamengo
Next Emprego. TRT abre concurso. Salário é de R$ 10mil para analista