CINFORMANDO – Lá e cá!


Vinícius Porto, da oposição, fez defesa tão convincente da situação que Cabo Amintas não perdeu a piada

Procura-se a oposição na Câmara de Aracaju

O vereador Cabo Amintas, PTB, é oposição. Mas isso não o impede de ter bom humor. O vereador Vinícius Porto, DEM, é oposição. Mas discurso seu de apoio à prefeitura nesta semana gerou a piada. E Cabo Amintas prefere perder o amigo a perder o chiste, conforme a foto acima, de Dienes Celestino, flagra. O vereador Antônio Bittencourt, PCdoB, é companheiro de partido e líder do prefeito Edvaldo Nogueira. E vê seu trabalho facilitado pelas “adesões” oposicionistas em momentos-chave da atual legislatura. Aí, depois dessa “ciranda maluca”, ainda tem parlamentar que se queixa de a população não entender seus posicionamentos. Ora bolas, Edvaldo se elegeu com coisa de 8 vereadores ao seu lado, em sua coligação. Agora, na Câmara, enterra CPI do Lixo, passa por cima de tudo e aprova o que deseja, sem mais delongas. Frise-se que não sem barulho: o líder da oposição, Elber Batalha, PSB, e a também oposicionista Emília Correia, PEN, fazem sua parte. E um vereador aliado, Iran Barbosa, PT, tem sido dos mais combativos quando a prefeitura pisa no calo dos servidores públicos, especialmente dos professores. Assim, eleitos por um lado, mas atuando por outro, vereadores “oposicionistas” deixam o povo ainda mais confuso. E acreditando cada vez menos na política nossa de cada dia. Infelizmente.

Causa e consequência – Num parlamento municipal enfraquecido, Edvaldo Nogueira aprova, por 17 votos a 4, a tomada de R$ 100 milhões em empréstimo junto à Caixa. Depois haja caixa pra pagar, né não?

Pódio – Levantamento da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, a Firjan, mostra as três cidades sergipanas mais, digamos, organizadas financeiramente: Aracaju, Frei Paulo e Barra dos Coqueiros.

No cardápio – Jackson Barreto, PMDB, almoça com o conselheiro do TCE, Luiz Augusto Ribeiro. Mas o abraço apertado foi no prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, PSC. Será que vai dar liga essa ligação?

No topo – Cesar Cardoso, presidente do PMN em Sergipe, agora faz parte da direção executiva nacional da agremiação. Convite ocorreu durante reunião em São Paulo/SP.

Leia mais:

Edvaldo Nogueira solicita autorização para empréstimo de R$ 100 milhões

Previous Chef brasileiro assina os menus da KLM
Next Justiça ordena que Governo de Sergipe pague servidores sem atrasos