Aldo Rebelo deixa o PC do B e pode concorrer à Presidência da República


 

O ex-deputado federal Aldo Rebelo anuncia que está deixando o Partido Comunista do Brasil, o PC do B, mesmo partido do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira. Mas o fato é que o político de Alagoas que se consagrou em São Paulo, depois de longa parceria com o senador Renan Calheiros abandonou o barco comunista.

A presidente nacional do partido, Luciana Santos, sugere que o divórcio não foi litigioso: “Dada a convergência de opiniões políticas e os fortes laços que continuam ligando Aldo ao nosso partido, manteremos o diálogo em torno das grandes questões nacionais.

É possível que Aldo seja candidato à Presidência da República pelo PT ou PSB. O ex-deputado federal é visto como um político íntegro e, apesar de sua conexão com o PT e seus governos, e de sua firme aliança com Lula da Silva e Dilma Rouseff, não há indícios de que tenha se envolvido no submundo dos reds petistas. Ele também é visto como um “bom” vice para Lula.

 

Outras Notícias

Homenagem a Lula provoca polêmica

 

 

Previous Pediatria do HUSE vai ser transferida
Next Acabou o prazo: ambulantes terão que sair da porta do Hospital de Urgência de Sergipe