O NOVO MARINA’S


Ô pica pau dos meus sonhos

Como o Marina’s deu nova graça ao Rio Poxim

Camarão crocante e Spritz

Só de saber que o novo Marina’s, agora sob a administração das sócias Katiane e Morenita, fizeram a nova versão do camarão crocante, o restaurante-bar já merece ser visitado. Eu era retado com aquele tal camarão crocante que todo mundo adorava mas que cortava a boca toda da pessoa. Mas agora não, agora é só o filé bem empanado, obviamente crocante e acompanhando de uma maionese de alho com manjericão muito graciosa.

O papa capim responsável pelo novo menu do lugar é o chef Lúcio Mauro, e essa assinatura já dá uma ideia do que está por vir: pratos equilibrados, bem servidos e com qualidade de ingredientes.

O pica-pau de filet

Falar em papa capim, uma entrada nos chama atenção: o Pica Pau. Tem um que é de camarão, mas aí é camarão demais por hoje. Optamos pelo de carne: um filé mignon bovino, com um molho de carne, pimenta, alho, cebola, um pepininho em conserva pra dar acidez, salsa, coentro e um pão tostado necessário pra aquela limpeza do molho que fica no prato. Jailson, tem pimenta? “Tem uma que Katiane faz”. Traga ela.

A pimenta de Katiane abre os caminhos. É gostosa na boca, e desce colocando mais um pulmão no seu corpo. Aceite um conselho: vá devagar nela.

O novo Marina’s

Jailson, tamo aqui, beira do rio… um peixinho aí vai bem. Sugere o quê? “Tem um que não tá no cardap”[interrompo]. É esse. Traga esse.

Eis que Jailson aparece com uma vermelha inteira, feita no forno sem pressa, com um molho cremolata, e acompanhada de cebola, tomate, farofa, vinagrete, arroz e feijão fradinho. Servida na pedra. Uma delícia de peixe. Mas é pra quem não tem pressa, por que eles fazem na hora. Mas Jailson disse que pode ligar que ele adianta. Anote aí o telefone dele, 9.9648-7480. É o zap da vermelha. Já botei ele no grupo da família.

A vermelha

Serviço

Onde: Passou o Riomar, viu as barracas de fogos? Então cê entra naquele corredor e segue. Vai parar lá.
Preço: Spritz, R$ 21,90; Pica Pau, R$ 41,90; Vermelha pra 2 ou 3, R$ 84,90
Quando: de quinta à domingo. Na sexta e sábado vai até às 20h. Nos outros dias, até às 18h
Coisa boa: Limpo e organizado
Outra coisa boa: se acabar a bateria do celular, lá tem um orelhão.
Outra coisa boa: dia de sexta tem Demerson, no sax, e no pôr do sol direto do rio.
Mais uma? Não, tá bom já.
Coisa ruim: o estacionamento. A Prefeitura acabou nas barracas de fogos. Não foi até lá.
Como pagar: dinheiro, débito ou crédito

Previous Festival Gastronômico reúne pratos típicos de oito cidades sergipanas
Next O Chá-da-tarde de verão tropical do Ritz-Carlton, só pra gente chorar

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *